A criançada tem mais uma boa opção cultural no calendário paranaense nesta temporada. Durante oito meses, de abril a dezembro, Curitiba será palco para o “Brinque – Festival de Teatro Infantil”. Com realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, e da Montenegro Produções Cultural e com o apoio do Hospital Pequeno Príncipe, a primeira edição da mostra contempla oito peças de leituras já consagradas, de companhias paranaenses com reconhecimento nacional, como a Pé No Palco, com direção de Fátima Ortiz, e a Cia do Abração, que tem à frente Fabiana Ferreira e Letícia Guimarães. As apresentações serão realizadas, aos sábados e domingos de cada mês, às 16 horas, no Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135), e também haverá mostras customizadas em espaços parceiros do Hospital Pequeno Príncipe.  A estreia acontece nos próximos dias 13 e 14 de abril com o espetáculo “Clarice Matou Os Peixes”, da Cia do Abração, vencedor do Troféu Gralha Azul em 2011, considerado o melhor espetáculo para crianças.

“Clarice Matou Os Peixes” é inspirado na obra de Clarice Lispector, uma das maiores escritoras da literatura nacional. A montagem apresenta às crianças de todas as idades situações difíceis que fazem parte da arte de viver, com base na questão da relação das pessoas com seus bichos de estimação, como lidar com a morte, o sentimento de perda e, ao mesmo tempo, da vida e seus apegos.  

A narrativa conta a história de uma mulher que, sem querer, matou seus peixinhos porque esqueceu de alimentá-los enquanto escrevia histórias. Em cena, Clarão, Clarito e Esclarecida, três divertidos “clows” buscam descobrir quem é o culpado pela morte de dois peixinhos e para se defenderem da acusação, recontam a ligação que cada personagem teve com os seus animais de estimação. “Clarice Matou os Peixes” traz à cena o desafio de mostrar a dramaticidade e a sensibilidade aliadas ao universo infantil, proporcionando ao público um espetáculo poético e único.

Sobre o Festival

Com a proposta de contribuir para a formação de jovens plateias e incentivar o desenvolvimento da sensibilidade e criatividade por meio do contato com a linguagem artístico-musical, o Brinque – Festival de Teatro Infantil pretende voltar às atenções para o teatro infantil, gerando novas oportunidades, além de democratizar o acesso à cultura para as crianças.  Os espetáculos selecionados para compor a programação trazem temas atuais e pertinentes à família contemporânea de forma responsável e divertida, utilizando estéticas e dramaturgias mais apuradas e inovadoras.

“O festival propõe ao público uma aproximação com esta linguagem, onde se possa mostrar e refletir sobre a importância da arte de fazer e frequentar o teatro direcionado à criança. O Brinque nasceu com a ideia de renovar e fortalecer a formação de plateia deste segmento”, comenta Carolina Guanabara, idealizadora do festival.

A mostra também incentiva a integração social, uma vez que todos os espetáculos trarão montagens exclusivas para espaços parceiros do Hospital Pequeno Príncipe.

 “O ´Brinque – Festival de Teatro Infantil´, incentiva a produção profissional de teatro para crianças, alicerçada sobre princípios da arte-educação, onde todos os profissionais envolvidos pesquisam sobre o assunto e estão cientes do papel que ocupam como formadores de opinião. Mais que promover a produção cultural apenas como entretenimento, os espetáculos também favorecem na formação de cidadãos mais criativos que possam acompanhar com facilidade as transformações do nosso século”, finaliza Carolina Montenegro.

Sobre as Companhias Convidadas

– PÉ NO PALCO: A história da escola Pé no Palco começa em 1995. Em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba, Fátima Ortiz inicia as atividades da primeira turma dos Cursos Livres de Teatro, as aulas aconteciam no Teatro Novelas Curitibanas. O crescimento das atividades inspira a formação de novos professores e também de uma Companhia estável de Teatro. Em 2001, foi constituída a pessoa jurídica Pé no Palco Atividades Artísticas e o Círculo de Encenação e Pesquisa, Companhia estável de Teatro com a direção e coordenação de Fátima Ortiz.

 – CIA do ABRAÇÃO: A Cia do Abração é um espaço de arte e cultura, fundado por Fabiana Ferreira e Letícia Guimarães e tem como proposta principal a pesquisa e produção teatral para todas as idades, embasadas em dramaturgia própria e difundidas como espetáculos de repertório. Sua proposta estética está alicerçada na fusão de linguagens artísticas elaborada em investigações advindas de processos colaborativos. Além da dança e das artes visuais, trabalha e investiga as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

Com a missão de “promover a arte e a cultura para o bem comum”, iniciou suas atividades em março de 2001, desenvolvendo pesquisa de teatro e dança contemporânea, oferecendo à comunidade os resultados em forma de eventos culturais gratuitos, peças teatrais amadoras e profissionais, e curso livre de teatro. A produção profissional de teatro para crianças, desenvolvida pela Companhia, está alicerçada sobre princípios da arte-educação e da criação coletiva onde todos os profissionais envolvidos (elenco, equipe de criação e técnica) pesquisam sobre o assunto e estão cientes do papel que ocupam como formadores de opinião no universo da criança.

Serviço

Brinque  – Festival de Teatro Infantil

Clarice Matou Os Peixes

Quando:13 e 14 de abril de 2013 (Sábado e Domingo)

Local: Teatro Bom Jesus (R: 24 de maio, 135)

Tempo do Espetáculo: 50 minutos

Ingressos

Valores: R$ 25,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada) .