O cantor justifica gravações em inglês.

“Por todo mundo há pessoas que gostariam de achar um meio de agradecer à música popular americana por ter enriquecido e embelezado suas vidas. Muitos tentam. É o que eu faço aqui” – Caetano Veloso.

O cantor e compositor, mais sua orquestra, aparecem em Curitiba nesta quarta-feira, em única apresentação. Ele vai apresentar o seu novo show A Foreign Sound no Teatro Guaíra, Grande Auditório. Caetano está em turnê brasileira, vindo de Salvador.

Para o repertório do show foram selecionadas as refinadas canções norte – americanas que estão no novo álbum homônimo de Caetano Veloso. Os standards de monstros sagrados como So in love de Cole Porter, estarão presentes ao lado de outras grandes canções como It’s alright ma de Bob Dylan e Come as you are do Nirvana, Cry me a River de Arthur Hamilton, Body and Soul de Robert B. Sour, Edward Heyman, John W. Green e Frank Eyton, e é claro, o primeiro single Diana de Paul Anka, que está nas rádios de todo o país. Caetano abrirá o espetáculo com a música Não tem Tradução de Noel Rosa e cantará a inédita Diferentemente, música de sua própria autoria.

Acompanhando Caetano Veloso assim como no CD, estará Jaques Morelenbaum, com a direção musical do show e Cello, o violonista Lula Galvão e Jorge Helder no baixo e contra-baixo. Completando a banda estarão também Pedro Sá na guitarra, Léo Reis na percussão, Carlos Bala na bateria e mais 21 músicos da Orquestra Sinfônica do Paraná entre: 1 spalla, 13 violinos, 3 violas, 3 cellos e 1 contrabaixo. A cenografia será de Hélio Eichbauer e a iluminação de Maneco Quinderé. Amanhã às 9 da noite no Guaíra. Preços salgados a 80, 70 e 60 reais.