Amanhã tem um show diferente na Caixa Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 280). É a apresentação do flautista e arqueólogo suíço Conrad Steinmann, que se dedica à música da Grécia Antiga, até 600 A.C. Steinmann estuda, há 20 anos, a linguagem, a poesia e o ritmo gregos da antiguidade, e tem trabalhado inclusive na reconstrução de instrumentos da época. O foco do trabalho dele é o aulos, principal instrumento de sopro da Grécia Antiga. Presente em diversos momentos da cultura e religião, como sacrifícios, encenações, jogos e rituais, o aulos tem um som parecido com o do oboé.

O artista faz questão de enfatizar que a sua música é “imaginada”, aproximada do que seria de fato a música daquele período, e composta a partir das condições apresentadas pelos instrumentos. Hoje, o músico faz, às 20h, uma palestra sobre a Música da Grécia Antiga, com entrada franca. A entrada para o show na terça custa R$ 10.