A festa de casamento de Latino com a modelo Rayanne Morais só acontece amanhã, mas já está (muito) o que falar. Um dos principais motivos é o fato de ele querer bloquear o sinal de celular na recepção, que acontecerá no Copacabana Palace, para evitar que fotos da cerimônia e da festa vazem. Só que brincadeira pode sair caro. Como a prática é proibida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), se o cantor for denunciado, pode ter que arcar com uma multa de R$ 37 mil.

A agência só permite bloqueadores de sinal em presídios. Outro problema é que todos os hóspedes do hotel, de altíssimo padrão, também ficariam sem poder usar seus aparelhos durante todo o período da festa. Diante de tanta confusão, o funkeiro parece ter desistido da ideia, como contou o jornal Extra, e não vai mais utilizar o bloqueador no casamento, apenas detectores de metais. Apesar disso, todos os convidados já foram informados que deverão deixar seus aparelhos em uma chapelaria que estará à disposição deles.