Uma série de concertos voltada ao público infantil faz parte do programa “Criança na Plateia”, que a Fundação Cultural de Curitiba promove em três finais de semana, no mês de outubro. Os concertos são abertos ao público, sendo que algumas sessões são dirigidas a crianças atendidas por projetos sociais da Prefeitura e que não têm acesso a esse tipo de programação. O programa tem início na próxima sexta-feira (30), às 20h, com a Camerata Antiqua de Curitiba, que preparou um repertório didático para a criançada.

A Camerata apresenta o espetáculo “A Máquina do Tempo”, sob a regência da maestrina paulista Beatriz De Luca. Com o objetivo de atrair a atenção das crianças, o espetáculo está envolto num cenário de circo, no qual a maestrina contracena com o ator Ivan Moraes, que faz o papel de um montador de orquestras. O personagem é um inventor de engenhocas, entre elas uma máquina do tempo e um “circo de pulgas”. Das pulgas, os espectadores só escutam as vozes, representadas pelos sons dos instrumentos musicais.

“Com esse espetáculo, as crianças adquirem conhecimentos e o gosto pela música erudita de forma lúdica e de uma maneira mais adequada à idade”, diz a regente. 

Para o espetáculo foram selecionadas obras de fácil assimilação. “O repertório também tem que ser adequado. Apresentamos músicas que elas certamente já ouviram em algum outro momento”, explica Beatriz. A maestrina cita como exemplo a obra “Carmina Burana”, bastante popular e utilizada com frequência em peças publicitárias. “Não é por acaso que elas são tão conhecidas. É que são absolutamente geniais. A iniciação musical, então, pode se dar com obras como essas, de grande qualidade”, afirma. Outro exemplo é o tema do filme “Piratas do Caribe”, criado por Hans Zimmer, um compositor erudito alemão que compõe música para cinema. Zimmer é mundialmente conhecido pelos temas que criou também para os filmes Rain Man, O Último Samurai, Gladiador, O Código da Vinci, Missão Impossível 2 e Madagascar.

Brasileirinho

O Brasileirinho também participa do Criança na Plateia, com o show “Brasileirinho no Morro”, às 15h de domingo (2). O coro formado por crianças e adolescentes, sob a direção de Milton Karam e Helena Bel, apresenta obras de compositores como Cartola, Geraldo Pereira, Adoniram Barbosa, Tom e Vinícius de Moraes.

Nos dias 8 e 9 de outubro, o programa Criança na Plateia terá como atração a Orquestra Suzuki, formada por pequenos e jovens instrumentistas, alunos de violino, viola e violoncelo. Nos dias 15 e 16, haverá apresentações do coral infanto-juvenil Papo Coral. 

Serviço:
Programa Criança na Plateia.
Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural – R. Conselheiro Laurindo, 273 – Centro.
Apresentações abertas ao público:
Espetáculo “A máquina do tempo”, com a Camerata Antiqua de Curitiba.
Sexta-feira (30), às 20h, e sábado (1º), às 18h30.
Ingressos: um brinquedo novo ou um livro de literatura infanto-juvenil.

Apresentações dirigidas às crianças da atendidas pela Fundação de Assistência Social (FAS), pelo programa Comunidade Escola e pelos Núcleos Regionais da Fundação Cultural de Curitiba:
Espetáculo “A máquina do tempo”, com a Camerata Antiqua de Curitiba.
Sábado (1º), às 15h.
Espetáculo “Brasileirinho no morro”, com o Coral Brasileirinho.
Domingo (2), às 15h.

Orquestra Suzuki.
Dias 8 e 9 de outubro, às 15h.
Papol Coral – Coral Infanto-juvenil.
Dias 15 e 16 de outubro, às 15h.