Uma das maiores cantoras do pop contemporâneo, a doce dominatrix britânica PJ Harvey (no dia 6 de novembro). O maior nome do rock inglês da atualidade, o quarteto explosivo The Libertines (dia 7). O som inclassificável do grupo Primal Scream, de Manchester (dia 6). O som industrial-futurista dos alemães do Kraftwerk (dia 5). O tecnopop veterano do Pet Shop Boys (dia 7).

Uma dupla jornada musical dos irmãos belgas David e Stephen Dewaele (dia 5), que trazem seu conceito bootleg batizado de 2 Many DJs e sua banda orgânica Soulwax (que chega a bordo de um novíssimo álbum, Any Minute Now), uma corda bamba entre rock, electro, pop e a experimentação.

O cardápio da segunda edição do Tim Festival, anunciado oficialmente hoje, é de arrebentar a boca do balão para qualquer “musicólatra” que se preze. A partir de hoje, já está no ar o site com as informações (www.timfestival.-com.br).

Os nomes do jazz são também de alta sofisticação: o saxofonista Branford Marsalis (dia 6), o baixista Dave Holland com uma big band (dia 7), o pianista Brad Mehldau com seu trio (dia 5), o quinteto do acordeonista Art van Damme (dia 7), a cantora Nancy Wilson com seu trio (dia 5). A brasileira Bebel Gilberto é o grande nome nacional dessa edição, que também traz as tresloucadas meninas paulistanas da banda Cansei de Ser Sexy, as picapes de Mau Mau e o carioca De Leve. Da seara estrita da MPB, o violonista Chico Pinheiro abre a noite de Nancy Wilson e Brad Mehldau. Há também o dancehall jamaicano da trupe Stone Love, e o pop anabolizado do grupo mexicano Kinky.

Isso tudo sem esquecer da “cereja do bolo” do festival, o criador da surf music, Brian Wilson, de 62 anos, que ocupa com sua banda, sozinho, o palco principal, no dia 7, trazendo o repertório do disco “maldito” dos Beach Boys, Smile, que começou a ser produzido em 1967 (que está sendo lançado, aqui no Brasil, pela Warner Music) e terminou agora.

O festival será realizado novamente no Jockey Club de São Paulo, nos dias 5, 6 e 7 de novembro. Os ingressos começarão a serem vendidos a partir do dia 1.º de outubro em locais a serem anunciados e através da Ticketmaster (site www.ticketmaster.com.br). A censura é 16 anos.

Preços: TIM Club: R$ 120 (mesa) – por pessoa. TIM Lab: R$ 60 (pista). TIM Stage: R$ 80 nos dias 5 e 6 de novembro (pista). TIM Stage: R$ 150 (setor A) e R$ 120 (setor B), no dia 7 de novembro (sentado). Motomix: R$ 40 (pista). TIM Village: R$ 10.