O galerista Marco Mello comemora os dez anos da Casa da Imagem no mercado de artes plásticas com a criação de uma editora. Os dois primeiros livros, Nuno Ramos – Noites Brancas, de Lorenzo Mammi, e Sérgio Sister, com edição de Alberto Tassinari, serão lançados em Curitiba, nesta quinta-feira, às 20h. Ao mesmo tempo acontecerá exposição dos dois artistas.

Nuno Ramos, que apresenta desenhos inéditos, já tinha há algum tempo o projeto para a edição de Noites Brancas, que também traz o registro de obras efêmeras. “De início – diz ele – a gente preparou um livro que focava mais os desenhos, que são obras que eu nunca tinha reunido, mas isso acabou se estendendo e cobrindo bem os últimos dois anos de trabalho, com os desenhos indo um pouco mais para trás. Só ficaram de fora os relevos”.

Um dos destaques da 25.ª Bienal de São Paulo, com uma sala inteira dedicada às suas pinturas, Sérgio Sister traz alguns desses trabalhos e telas de menor formato. E o livro é o primeiro sobre sua obra, reunindo textos de Alberto Tassinari, Lorenzo Mammi, Rodrigo Naves e do próprio artista, com projeto gráfico de Carlito Carvalhosa e fotografias de Eduardo Ortega. “É uma espécie de álbum que passa pelas minhas exposições. Ele não dá conta da obra, mas dá conta de uma seqüência de exposições desde que meu trabalho começou a ter uma personalidade mais definida, a partir de 85, 86”, descreve Sérgio.

Ele também se entusiasma sobre a iniciativa de Marcos Mello: “Não acho que a Editora Casa da Imagem seja uma simples editora. Ela é um instrumento de agitação cultural, e isso acaba tendo um papel ainda mais relevante num País como o nosso”. “É uma editora que quer realmente chegar ao mercado, não está usando lei de incentivo para dar livros para cliente, e está fora do eixo Rio-São Paulo, o que também é interessante”, acrescenta, por sua vez, Nuno Ramos.

O galerista pretende lançar mais três títulos de arte até o final deste ano e também uma revista voltada para a discussão de questões ligadas às artes visuais.

“Começamos com dois artistas da galeria porque o material estava ao alcance das mãos, o que facilitou o processo, e evidentemente por serem artistas cujo trabalho eu aprecio muito. Mas sei de antemão que é necessário mais que isso para a estruturação de uma editora, por isso acho importante ter um conselho editorial”.

***

Os livros estarão nas principais livrarias e espaços culturais e também podem ser pedidos pelo endereço www.casadaimagem.com.br. Vernissage e sessão de lançamento nesta quinta, às 20h, na Galeria Casa da Imagem – Rua Dr. Faivre 591, telefone: 362-4455.