Voltam a cartaz no próximo final de semana duas montagens teatrais da Casa de Artes Helena Kolody. A primeira delas, Memórias do subterrâneo realiza sua terceira temporada na capital, depois de realizar apresentações pelo interior do estado e em faculdades e escolas de Curitiba. Na montagem, adaptada a partir do conto de Fiodor Dostoievski, o ator Ade Zanardini interpreta o personagem que deliberadamente se exila no porão de sua casa, e nesse mundo particular especula sobre a filosofia e sobre as escolhas do mundo que o cerca. A peça tem ainda apresentações em outras cidades, antes de cumprir temporada em São Paulo no início do próximo ano.

A outra montagem é A fuga, texto do chinês radicado na França, Gao Xingjian. O texto usa como pano de fundo o histórico episódio do massacre da Praça da Paz Celestial para discutir a relação dos personagens, sua ideologia política, seus sonhos e o isolamento numa sociedade marcada pela restrição da liberdade.

Em ambas as montagens, a cenografia foi desenvolvida especialmente para as peças, uma característica constante na CAHK. As temporadas se estendem até dezembro, e devido a capacidade limitada de público aconselha-se fazer reserva antecipadamente.

Serviço:

A fuga, texto de Gao Xingjian, direção de Emerson Rechenberg, com Ade Zanardini, Carol Corrêa e Wagner Adriano. Em cartaz até 4 de novembro e de 18 de novembro a 9 de dezembro. Sábados às 21h. Sessões limitadas a 30 pessoas.

Ingressos a R$ 14,00 (meia-entrada para estudantes, melhor idade e convênios).

Memórias do subterrâneo, da obra de Fiodor Dostoievski, adaptação e direção de Emerson Rechenberg, com Ade Zanardini, até 5 de novembro e de 19 de novembro a 10 de dezembro. Domingos às 21h. Sessões limitadas a 20 pessoas. Ingressos a R$ 14,00 (meia-entrada para estudantes, melhor idade e convênios). Local: Casa de Artes Helena Kolody, Rua Brigadeiro Franco, 3625 – Rebouças.

Com estacionamento próprio gratuito. Informações e Reservas : (41) 3334-4552.