Quase 20 dias depois de divulgada a informação de que o cantor Victor, da dupla com Léo, teria agredido sua esposa, Poliana Bagatini, então grávida de quatro meses, saiu o laudo do exame de corpo de delito feito por ela na época. E o resultado é que os testes feitos no Instituto Médico-Legal de Belo Horizonte apontam que não houve qualquer tipo de lesão por uma eventual agressão sofrida por Poliana naquele dia 24 de fevereiro.

De acordo com informações do jornal Extra, a delegada responsável pelo caso, Danúbia Quadros, chefe da Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (Demid) de Belo Horizonte, agora aguarda a análise das imagens das câmeras de segurança do prédio onde o casal mora para finalizar o inquérito, já que não há testemunhas para serem ouvidas no caso. Depois de fazer o boletim de ocorrência, a própria Poliana voltou atrás e, por meio das redes sociais, disse que não houve agressão.