Acompanhando os movimentos que levam à revolução cubana, Che – O Argentino segue o revolucionário médico argentino Ernesto Guevara, quando ele seu junta a um pequeno grupo liderado por Fidel Castro em uma viagem para a ilha de Cuba.

Acompanhando o nascimento da figura icônica de Che e seu papel na derrubada do governo do ditador Fulgêncio Batista, esta é a primeira parte do monumental filme de Steven Soderbergh (“Traffic”).

O papel rendeu à Benicio Del Toro o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes e recebeu muitos elogios por onde passou. Inicialmente o trabalho seria lançado como um único filme, mas suas mais de 4 horas de duração obrigaram o cineasta a dividir seu trabalho. No elenco ainda encontramos o brasileiro Rodrigo Santoro, no papel de Raul Castro, irmão de Fidel.

O processo de investigação sobre a vida de Che começou quando Benício conheceu a produtora Laura Bickford, detentora dos direitos de adaptação de Che Guevara: Uma Biografia, de Jon Lee Anderson. As 924 páginas do livro, cuja pesquisa resultou na descoberta do paradeiro dos restos mortais de Guevara na Bolívia, não foram bastante para Benício e Laura.

Assim, depois de sete anos de pesquisas, o que era para ser um filme acabou virando dois, divididos em Che – O Argentino (Duração: 2h06), que mostra as batalhas na selva até a vitória da revolução em Havana, e Che – A Guerrilha (Duração: 2h09), que relata a tentativa de estender o movimento ao resto da América Latina a partir da Bolívia, mas resulta na derrota e morte de Guevara.

Serviço:
De 13 a 16/07
De segunda a quinta, às 15h, às 17h30 e às 20h
Preço: R$5 e R$2,50 (Gratuito para pessoas com mais de 60 anos). Domingos a R$1
Cine Luz
Rua Quinze de Novembro, 822
Centro – Curitiba
Telefone: 3321-3261