Jorge Rodrigues Jorge/Carta Z Notícias
Giovanna Ewbank: caipira.

Quando recebeu a notícia de que havia sido aprovada para integrar o elenco de Malhação para viver a Marcinha, Giovanna Ewbank viu sua vida mudar radicalmente em pouquíssimo tempo. Na época, a paulistana de 20 anos que estudava Moda estava de malas prontas para passar uma temporada em Nova Iorque com o então namorado, mas nem pensou em recusar o convite. Até ser aprovada para o elenco da trama, Giovanna tinha feito dois testes para a Oficina de Atores da Globo e um teste de elenco específico para a novelinha. ?No último, achei que não ia dar certo de novo, mas graças a Deus rolou?, comemora.

A alegria inicial deu lugar à apreensão. Quando descobriu que sua personagem seria uma adolescente vinda do interior cujo sonho era cursar faculdade de Agropecuária, sentiu medo de que Marcinha fosse o primeiro e último papel de sua carreira. Giovanna estudava teatro desde que tinha 16 anos, mas jamais tinha atuado em espetáculos. Além de não ser fácil criar um sotaque de caipira, a comédia tem um ritmo próprio. ?Não achava que tinha talento para fazer rir. Sempre me disseram que sou engraçada, mas só isso não basta?, avalia.

Para a compor a engraçada personagem, que vive com um inseparável berrante e CDs de música sertaneja na república de estudantes do ?Múltipla Escolha? ela contou com o auxílio da preparadora Andréia Cavalcante, que a ajudou a dar forma ao jeito de falar de Marcinha. Além disso, os colegas de elenco mais experientes tiveram papel fundamental na adaptação de Giovanna à nova rotina de gravações. Bernardo Mendes, que encarna atrapalhado Bodão, também morador da república da trama desde 2006, foi o responsável por ajudá-la a decorar os textos. ?Ele sempre ia lá em casa para me dar uma força. O elenco de ?Malhação? é como uma família?, derrete-se, para logo em seguida emendar: ?Até porque passamos mais tempo nos estúdios do que em qualquer outro lugar?, calcula a atriz, que às vezes encara mais de vinte cenas em um só dia.

Assim como Giovanna teve de abandonar a faculdade e ajustar-se à vida longe da família no Rio de Janeiro, onde o ?folheteen? é gravado, sua personagem sentiu logo as diferenças na cidade grande. No início, foi difícil para a galera do ?Múltipla Escolha? aceitar as esquisitices da caipira. ?A Marcinha tem personalidade forte mesmo, às vezes suas manias incomodavam os outros moradores da república?, relembra.

Mas com o tempo, até a ?patricinha? Priscila, vivida por Monique Alfradique, se rendeu à sua simpatia e virou a melhor amiga da ?agrogirl?. Tanto que a temporada de férias de todos será ambientada na cidade de Marcinha, mais precisamente no sítio de um primo da moça. ?O ator ainda não foi escalado, mas já sei que vai ser um caipira bem ?gatinho??, antecipa.

Seis meses depois da estréia, Giovanna arrisca uma avaliação do começo na televisão. ?Foi muito corrido, fiquei até meio assustada com a velocidade que as coisas aconteceram?, reconhece a bela jovem. Depois de tantas mudanças drásticas, no fim de junho a jovem foi acometida por uma pneumonia. ?Minha mãe, que mora em São Paulo, até veio ao Rio de Janeiro para cuidar de mim?, comenta.

Da época que estudava Moda, Giovanna ainda tem uma grife, As Filhas, que veste algumas personagens do ?Múltipla Escolha?, como a própria Marcinha. Atualmente, ela não fica mais à frente do negócio, que tem sede em São Paulo. Sua sócia, Rebeca, é a responsável por cuidar de perto das coleções, cabendo a Giovanna as decisões a distância, além de garantir freguesia carioca. ?Uma vez eu trouxe algumas peças para Marcelinho, o figurinista, dar uma olhada. Ele acabou comprando a mala inteira! Depois, até fiz peças por encomenda para a trama. As outras atrizes da equipe sempre me pedem mais?, valoriza.