É muito difícil encontrar uma pessoa que nunca tenha ouvido o célebre “Boa Noite” do apresentador Cid Moreira, da Rede Globo. Durante 27 anos, ele apresentou a todo o Brasil as principais notícias do dia à frente de um dos telejornais mais conhecidos, o Jornal Nacional, da Rede Globo. Hoje, depois de 15 anos, sua voz grossa e grave ainda pode ser ouvida pelos telespectadores do Fantástico.

Moreira esteve em Curitiba ontem para fazer uma apresentação na Igreja Adventista localizada no Colégio Adventista de Curitiba, no bairro Bom Retiro. Durante o dia, ele conversou com a reportagem de O Estado e contou que está previsto para novembro deste ano o lançamento de dois CDs com gravações de trechos do Novo Testamento.

Desta vez, o som será digital e gravado em MP3. Também está previsto para o ano que vem um livro sobre sua vida, que está sendo organizado por sua esposa e também jornalista, Fátima Sampaio.

O livro, porém, ainda não tem nome. Segundo Fátima, a obra não será uma biografia, mas sim, uma breve história da vida de Cid Moreira – que tem 80 anos – e alguns “causos” contados por ele. “Cid passou por muitas experiências, conheceu muita gente boa. Tudo isso merece ser contado em um livro, pois ele é uma pessoa que faz o que gosta, para ele o trabalho é uma interação”, diz Fátima.

Já os CDs, segundo Moreira, serão mais elaborados do que os anteriores, que chegaram a 30 milhões de cópias vendidas. Tudo começou com os Salmos, na época em que ele ainda estava à frente do Jornal Nacional. Em seguida veio o Novo Testamento, porém com tecnologia inferior.

Logo depois o apresentador gravou algumas passagens bíblicas mais conhecidas, trabalho que foi vendido juntamente com os principais jornais do País a um preço simbólico de R$ 3,90.

“Nos primeiros CDs havia muita pressa, e eu também não entendia muito bem o que as passagens queriam dizer. Mas hoje, depois de estudar a Bíblia e entender melhor o que foi escrito, o trabalho ficou melhor, com uma boa interpretação”, afirmou Moreira. A Bíblia, gravada na íntegra, também deverá chegar às lojas no ano que vem.

Notícia?

Depois de mais de 40 anos de trabalho, o apresentador, que hoje é a própria notícia, não se vangloria. “Eu virei notícia?”, indagou ele, ao ser questionado sobre essa inversão de posições.

Na época em que apresentava o Jornal Nacional, conta ele, não era como hoje, quando o apresentador participa de todo o processo da reportagem. Segundo Moreira, ele só chegava na TV na hora de apresentar, mas também fazia outros trabalhos fora da Globo, como comerciais e jornais de cinema.

Mas quando houve a transição que fez com que os diretores das TVs pensassem que o apresentador deveria participar de todo a produção da notícia, ele fez os cálculos e viu que não valia a pena o salário que a Globo oferecia a mais pela dedicação exclusiva. Só depois de algum tempo é que Moreira se tornou exclusivo da Rede Globo, sendo autorizado a gravar somente os CDs.

E qual seria o segredo de chegar aos 80 anos em plena forma? Cid Moreira faz academia todos os dias, joga tênis pelo menos três vezes por semana e não come carne há pelo menos 50 anos. Segundo sua esposa, o bom-humor também o faz viver tão bom. Já a voz, sua marca registrada, é de domínio divino. “Deus cuida da minha voz”, resumiu ele.