Uma dupla que arrasta multidões e uma cantora que tem conquistado o Brasil não só com sua voz, mas com seu carisma. Assim podemos definir Maiara & Maraísa e Marília Mendonça, que juntas também têm muitas outras coisas em comum, como uma carreira que começou nos bastidores, com composições gravadas por outros nomes do sertanejo, e hoje em dia se destacam e muito no palco. Neste sábado (15), as três se apresentaram na Live Curitiba com a Festa das Patroas, com três shows num só, para um público de 5 mil pessoas, e mostraram o quanto amadureceram em tão pouco tempo.

Viu essa? Fernanda Lima explica processo contra Eduardo Costa: ‘inibir agressões’

Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.

Experiência é o que não falta para a dupla, que é do Mato Grosso e subiu num palco pela primeira vez aos cinco anos de idade, mas hoje em dia, o que se percebe é que Maiara & Maraísa têm ainda mais segurança. Atualmente, a dupla trabalha firme na divulgação do novo DVD, Reflexo, que foi lançado no final de novembro e trata de uma mistura de sentimentos como relacionamentos, ‘sofrência’ e empoderamento feminino. “Estamos divulgando esse DVD e queremos trabalhar muito nisso, com vários shows pelo Brasil. Esperamos voltar ao Paraná com essa nova turnê também”, comentou Maiara, à Tribuna do Paraná, destacando que este será todo o esforço da dupla para 2019.

As duas, que são gêmeas, chegaram a Curitiba dois dias antes do show e aproveitaram muito da cidade, passando até despercebidas em alguns momentos. “Eu fui ao Jardim Botânico, meio disfarçada, ninguém me viu. Mas acho que teria que vir mil vezes a Curitiba para vermos a beleza da cidade, ano que vem quero mais”, disse Maiara. “Já eu fiz ioga e fui ao shopping, aproveitei um cineminha, mas também não teria problema algum se alguém reconhecesse a gente não”, completou Maraísa.

A Festa das Patroas é um show que as três, que são muito amigas, imaginavam desde antes de se tornarem grandes estrelas da música sertaneja. “E a aceitação tem sido incrível por onde a gente passa, mas Curitiba era uma das cidades que ainda não tinha recebido esse show e, por isso, ficamos muito felizes”, disse Maiara. Veja a entrevista completa:

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

A rainha do coração

Já Marília, que é de Goiás, é uma cantora que toca o coração dos seus fãs com suas músicas – que falam de sentimentos do coração, coisa que muita gente já passou -, mas também tem muito em seu curto período de carreira por conta da sua forma com lidar com o público. Ela é uma das cantoras atuais que mais conseguiu se encontrar em seu estilo musical, talvez por sua humildade, Marília, que tem só 23 anos, já consagra grandes números, mas não para por aí: nesse ano, deu um pontapé grande para um projeto grande e audacioso, que só vai terminar no ano que vem, o ‘Todos os Cantos’. “São  28 músicas, que vão nos levar a todas as capitais e que têm me permitido visitar muitas cidades”, explicou.

Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.

O projeto de Marília consiste num show surpresa, avisado horas antes por ela mesma, que sai às ruas panfletando e entregando um aviso do local e horário da apresentação, que sempre é feita de graça e num local importante de cada cidade. Todos os Cantos já levou a cantora a muitas cidades e permite que a cantora se aproxime ainda mais do seu público. “Esse contato está sendo incrível e pode ter certeza que é o maior crescimento da minha vida. Tenho vivido experiências incríveis, desde o olhar de surpresa, de amor, de desconfiança das pessoas que pensam ‘poxa, não é possível que ela está aqui panfletando na rua’. Tenho visto muito isso e essa carência do fã perto do artista, não só do fã de pagar o ingresso e assistir ao show, mas também de estar perto, viver aquele momento”.

+Leia também: Jão assume a homossexualidade e cita nova música. “Escrevi para um cara”

O último show surpresa feito por Marília foi em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e levou mais de 40 mil pessoas num ponto tradicional do Estado. Curitiba, segundo ela, está na lista e não deve demorar a vir, mas a data não pode ser divulgada com antecedência, pois é uma das regras do projeto. “A gente cria os padrões e depois quer quebrar, eu sou desse jeito, minha vontade era sair divulgando que dia eu vou estar aqui, porque já está sendo tão grande. Queria logo contar para botarmos 150 mil pessoas no show, mas não posso”, brincou a cantora.

Apesar de não contar a data e nem o local, Marília adiantou que a música que vai ser gravada em Curitiba e que será acrescentada às outras 27 que vão compor o DVD, a ser lançado no ano que vem, é boa. “Isso eu posso dizer, que a música de Curitiba é muito linda, uma música romântica. Então preparem os corações porque vem paulada por aí”, disse ela, que tem vivido intensamente a ideia. “Tem sido incrível demais. Vamos tentar terminar antes, mas acho que vai estender um pouco mais, para o meio do ano. O que eu sei é da certeza de que depois desse projeto eu não serei mais a mesma”. Veja a entrevista completa:

Dupla Simone e Simaria só deve voltar aos palcos no Carnaval