A Cinemateca de Curitiba reúne importantes nomes da área cinematográfica para ministrar um curso prático de cinema, no período de 1º de abril a 11 de junho. As inscrições devem ser feitas nos dias 20 e 21 de março (segunda e terça-feira), na secretaria da Cinemateca, com investimento de R$ 20,00. De um total de 30 vagas, dez são gratuitas e podem ser obtidas nos Núcleos da Fundação Cultural de Curitiba, instalados nas Ruas da Cidadania. Informações pelo telefone (41) 3321-3245.

As aulas, que serão ministradas aos sábados e domingos, das 9h às 12h e das 14h às 18h, irão preparar os participantes para a realização de um filme, a ser efetivado de 14 de maio a 11 de junho. Sob a orientação de Geraldo Pioli, Francisco Alves dos Santos, Luciano Coelho, Celso Kava, Alessandro Larocca, Berenice Mendes, Nivaldo Lopes, Eloi Pires Ferreira, Marcos Sabóia e Gustavo Portes, os alunos terão contato com todas as fases de uma produção cinematográfica, além de conhecer as histórias do cinema mundial e brasileiro.

A abertura do curso, no dia 1º de abril (sábado), será feita pelo coordenador geral do evento, o cineasta Geraldo Pioli, que abordará a História do Cinema. Integrante da equipe da Cinemateca de Curitiba, Geraldo tem uma extensa atuação no cinema paranaense, respondendo por várias produções premiadas nacionalmente. Entre elas está o curta-metragem ?Aldeia?, que se passa no início da colonização do Brasil. O filme conquistou diversos prêmios em 2000, com destaque para a 27ª Jornada Internacional de Cinema da Bahia e o 4º Festival de Cinema de Recife. O trabalho mais recente de Geraldo, o curta-metragem ?Devoção?, traça um paralelo entre a crueldade do homem com a natureza e a misericórdia de Deus.

No domingo (02 de abril), o jornalista e crítico de cinema Francisco Alves dos Santos, ministra o módulo sobre Teoria do Cinema. Atualmente respondendo pela coordenação da Cinemateca de Curitiba, Francisco participou como jurado dos principais festivais brasileiros de cinema, além de ter no currículo vários curtas-metragens, muitos deles premiados nacionalmente. Também é autor dos livros ?Cinema Brasileiro 1975?, ?Cinema, Igreja e Poder ? O Filme Religioso no Brasil?, ?Cinema no Paraná ? Nova Geração?, ?Cinema no Paraná ? Anos 90? e ?Dicionário de Cinema do Paraná?.

Nos dias 08 e 09 de abril, o cineasta curitibano Luciano Coelho responde pelas aulas de Roteiro. Formado pela Escola Internacional de Cinema e Televisão de Cuba, o cineasta também realizou curso de direção e fotografia com Hector Rios, no Chile. Com uma vasta produção ? que abrange filmes, documentários e vídeos ? e várias premiações, Luciano venceu o Festival do Minuto de Curitiba, em 2002, com o vídeo ?Amarelo Vermelho Verde?.

A aula sobre Fotografia, no dia 29 de abril, estará a cargo de Celso Kava, profissional com intensa atuação no cinema e que tem entre seus trabalhos mais recentes a fotografia do filme ?Onde os poetas morrem primeiro?, dirigido pelos irmãos Werner e Willy Schumann. Fechando as atividades do mês, no dia 30, o músico e compositor paranaense Alessandro Larocca comanda o módulo sobre Som. Formado em Cinema pela FAAP de São Paulo, Alessandro é autor de trilhas musicais para cinema e teatro. Dedicando-se exclusivamente à edição de som para cinema desde 2001, o músico tem sido convocado para diversas produções, entre elas ?Cidade de Deus?.

Aulas em maio

No dia 06 de maio, a curitibana Berenice Mendes dará aula sobre Direção. Integrante do Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional e da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura, Berenice tem uma extensa filmografia como diretora, abordando temas históricos e sociais, além daqueles ligados às artes. Seu trabalho mais recente é um filme sobre o francês Saint-Hilaire, que percorreu a região dos Campos Gerais do Paraná, em 1820.

Para o dia 07 de maio está agendada a aula sobre Montagem, orientada por Nivaldo Lopes. Responsável pela direção de vários filmes, Nivaldo tem uma produção contundente, com muitas realizações que destacam a contribuição da raça negra para a cultura do Paraná. Entre seus trabalhos está ?Mar Paraguayo?, adaptação do romance homônimo de Wilson Bueno.

As aulas encerram-se no dia 13 de maio com o módulo sobre Produção, ministrado pelo diretor Elói Pires Ferreira, dono de uma filmografia que reflete humanismo. Sua atuação mais recente está na direção e no roteiro do longa-metragem ?Sal da Terra?, que tem como personagem central um padre caminhoneiro que percorre as estradas brasileiras com um caminhão-capela.

No período de 14 de maio a 11 de junho, os alunos colocarão em prática os conhecimentos adquiridos, com a realização de um filme que terá supervisão dos diretores Geraldo Pioli e Nivaldo Lopes, além do produtor e roteirista Marcos Sabóia. A edição do filme contará com a orientação do fotógrafo paranaense Gustavo Portes.

Serviço
Cinemateca de Curitiba (Rua Carlos Cavalcanti, 1.174)
Curso Prático de Cinema
De 1º de abril a 11 de junho de 2006, com aulas aos sábados e domingos, das 9h às 12h e das 14h às 18h
No período de 13 de maio a 11 de junho de 2006, os participantes do curso irão produzir um filme
Inscrições somente nos dias 20 e 21 de março de 2006 (segunda e terça-feira), na secretaria da Cinemateca de Curitiba (Rua Carlos Cavalcanti, 1.174), com investimento de R$ 20,00
Somente 30 vagas (10 delas gratuitas, sendo que os interessados devem procurar os Núcleos da Fundação Cultural de Curitiba nas Ruas da Cidadania)
Informações pelo telefone (41) 3321-3245