A Editora Luz e Vida – responsável pela personagem Smilingüido, uma formiguinha que ilustra cerca de novecentos itens produzidos e comercializados pela empresa no Brasil e no exterior – está completando hoje meio século de existência. Com livrarias próprias em Curitiba, Recife (PE), Porto Alegre (RS) e Belo Horizonte (MG), a editora tem representações em todo o País e exporta para os Estados Unidos, Japão, Portugal, Costa Rica e países africanos.

Pertencente à Associação das Igrejas do Cristianismo Decidido (AICD) e administrada por meio de uma superintendência e de comitês de apoio integrados por funcionários, a Luz e Vida nasceu em 1954, como uma editora pequena. Na década de 60, ganhou notoriedade com a publicação de folhetos evangélicos que abordavam temas considerados tabus para a época, como drogas, aborto e alcoolismo. Os folhetos tiveram tiragem de dois milhões de exemplares.

Em meados da década de 70, segundo o superintendente da editora, Samuel Eberle dos Santos, os calendários publicados pela editora eram lidos por cerca de 800 mil pessoas. Porém, o grande sucesso aconteceu mesmo em 1980, com o surgimento da Smilingüido, criada pelos evangélicos Márcia D?Haese e Carlos Tadeu Grzybowski, de Curitiba. A Luz e Vida adquiriu os direitos de produção da personagem, que ganhou uma turma de amigos e passou a ilustrar tirinhas, materiais escolares, agendas e livros.

“O sucesso da formiguinha se deve ao fato de que ela transmite mensagens de valores universais. A personagem se tornou quase que um ícone no Brasil, principalmente no meio religioso, por transmitir mensagens de amor sem contrariar nenhuma religião”, diz Samuel. “Esse é o principal motivo de a formiguinha ter conquistado a simpatia de todos”.

Desde seu surgimento, a Smilingüido já ilustrou revistas em quadrinhos, ganhou dois desenhos animados (lançados em VHS e DVD), um site na internet (www.smilinguido.com.br) e, há alguns anos, foi personagem principal de uma peça teatral produzida na capital paranaense pela Mari Romero Produções. “Até o final deste ano, pretendemos lançar o terceiro desenho animado da personagem, um livro com 365 estórias para crianças e um novo site para a formiguinha. Além disso, vamos continuar com a produção de gibis, que são lançados mensalmente com tiragem de cerca de 200 mil exemplares”, informa Samuel.

Serviço: Os cinqüenta anos da editora serão comemorados com um culto religioso, seguido de jantar, às 20 h de hoje, no restaurante Castelo Trevizzo, em Santa Felicidade. O evento é fechado a pessoas convidadas.