Os irmãos Sandy e Junior, que voltaram a ser dupla para uma turnê comemorativa pelos 30 anos de carreira, agora passam, mais uma vez, a ser apenas Sandy Leah e Junior Lima. Eles fizeram, neste sábado (9), o último show da turnê Nossa História, que percorreu o país e foi até para fora, com shows até em Nova York e Lisboa. Com o Parque Olímpico lotado e ingressos esgotados, para 100 mil pessoas, ficou evidente que esse retorno comemorativo foi mais do que uma turnê histórica, como já disseram os críticos, mas principalmente um presente aos fãs. Eles mereciam, os fãs mereciam. Chegou ao fim. Mas quando é assim, combinado, parece doer menos, né?

Bem diferente da forma que fecharam a turnê de despedida de 2007, quando fizeram o último show no Credicard Hall, em São Paulo, o show do Parque Olímpico foi exatamente da forma que o tamanho que representa Sandy e Junior: grandioso. Em estrutura, os organizadores contaram que o palco montado, no lugar do Palco Mundo, do Rock In Rio, foi maior do que o tamanho normal usado pelo tradicional festival carioca.

Clique aqui e saiba todos os detalhes sobre o que foi a turnê de Sandy e Júnior

Visivelmente emocionados, os irmãos subiram ao palco com Sandy até travando no começo. “‘Nós jamais imaginamos que realizaríamos esse sonho, sonho que nem sabíamos que tínhamos”, disse a cantora. “Nós tocamos no Rock In Rio em 2001 e agora temos um Rock In Rio só pra gente”,  brincou Junior.

Num show cheio de surpresas, a dupla fez a parte acústica da apresentação no meio do público, num palco que foi montado especialmente para o momento. Nesta parte, os irmãos tocaram uma música que não tinha entrado ainda na turnê, Encanto, e uma última como ‘bônus’, que foi uma das mais pedidas pelo público ao longo dos shows Brasil afora: O Amor Faz. A todo o momento, ouviam-se gritos dos fãs com “inseparáveis”.

Com fogos de artifício (muitos!), a dupla fechou o último show da turnê mais rentável da história da música brasileira no mesmo palco, no meio do público, com o hit Vamo Pula. Os irmãos encerraram seu último show juntos da mesma forma que fizeram em 2007: um abraço, ajoelhados ao chão. Mas dessa vez, na frente de 100 mil pessoas.

Fotos: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Fotos: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
C5A11430-5A57-472F-9D7C-48D38EE8E437
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
66A6779F-EAB2-400E-B9BA-79F49FE02A66
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
DFA87179-1016-4278-B48E-6124A9CC17B1
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
D615DE37-97E6-49B3-BD80-39562D82426F
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.
Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
4B821AA8-8F1C-42F5-B338-AE419D039025
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
0DA41114-F219-4E42-9CD1-A32C2121B9BB
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.
Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.

Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.
Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.
Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.
Foto: Colaboração/Alisson Demetrio.

Momento único!

O último show de Sandy e Junior juntos teve abertura da banda Melim. O DJ Santti, que fechou a noite, após o show da dupla, encontrou com Junior Lima nos bastidores e posaram para foto juntos, além de conversarem um pouco com a reportagem da Tribuna do Paraná.  Após o encontro, o DJ falou abertamente sobre o convite para fechar a noite de último show de Sandy e Junior e se mostrou muito feliz com a chance. “É um sentimento que ainda estou tentando entender dentro de mim, algo que nunca imaginei, só tenho a agradecer Sandy e Junior”, disse.

Santti, que é amigo de Junior e participou do projeto Manimal com o irmão de Sandy, reforçou ser fã dos irmãos desde pequeno. “Sou de 1992, a dupla começou em 90, mais ou menos, vou confessar que eu tinha vários CDs deles. Desde pequeno sou fã, então fico mais feliz ainda em estar aqui”.

Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.
Foto: Lucas Sarzi/Tribuna do Paraná.

Aos 27 anos, Santti tem conquistado cada vez mais espaço no cenário eletrônico e foi por isso a escolha para fechar a noite. “A música eletrônica está ganhando espaço no Brasil e eu ser escolhido pelo Junior, pela Sandy, pela equipe, só tenho a agradecer. A ideia é realmente mostrar a música eletrônica para a galera”, completou. Veja a entrevista completa:

Turnê histórica é pouco!

O anúncio da turnê Nossa História veio no dia 13 de março de 2019, durante coletiva de imprensa que a Tribuna do Paraná acompanhou, em São Paulo. Nesse dia o Brasil inteiro recebeu a confirmação de algo que já era alvo de muitos boatos em toda a mídia: o retorno comemorativo dos irmãos para uma turnê que celebraria os 30 anos da primeira aparição de Sandy & Junior como dupla, no programa Som Brasil, da TV Globo. Também nesse dia, a dupla teve a noção de que esse retorno não seria da forma que eles imaginavam antes: tímido e somente para alguns fãs. Tomou proporções surpreendentes, sendo considerada a turnê mais bem-sucedida da história da música brasileira, tanto em faturamento como em público.

Desde o anúncio, uma comoção nacional se formou e a agenda de apresentações, originalmente mais enxuta, pois o plano era uma comemoração mais simples, foi ficando cada vez maior e quase dobrou. O que seriam apenas 10 shows se tornaram 18, incluindo mais cidades e estádios maiores, e assim não parou até se tornar uma das turnês nacionais mais importantes de todos os tempos. Em Curitiba, por exemplo, foi um show histórico para 30 mil pessoas na Pedreira Paulo Leminski.

Foto: Caroline Hecke/Divulgação.
Show em Curitiba foi histórico para a Pedreira Paulo Leminski. Foto: Caroline Hecke/Divulgação.

“Dentro do coração, a gente sabe o tamanho que isso tá tendo, vai ficar em nossa memória para sempre, de um jeito muito especial. Para os fãs eu estou vendo que também está sendo muito importante, estou achando muito lindo isso”, é assim que Sandy, sob os olhares confirmativos de Junior Lima, definiu, em Curitiba, o que foi a turnê Nossa História. Na capital paranaense, onde os irmãos se apresentaram no dia 31 de agosto, nem mesmo a chuva afastou o público e impediu de acontecer um show que vai ficar para a história das grandes apresentações que a cidade já recebeu.

Contando com muitos fatores, entre eles o fato de que os artistas são seres humanos e que também podem padecer de algum problema de saúde, não foi diferente com Sandy e Junior. Em agosto, Junior Lima quebrou o dedinho do pé durante um treino de  jiu-jitsu, mas ainda assim “seguiu o baile” e não deixou a turnê ser prejudicada. “Fiquem todos tranquilos que vai dar para cumprir a agenda de shows normalmente. Nenhum dedinho me segura”, brincou o cantor. Já Sandy, em outubro, teve que fazer dois shows doente, com suspeita de rotavírus. Embora Junior tenha se preocupado em avisar o público que “talvez não seriam shows iguais aos outros”, foram. E surpreenderam de novo. Sandy deu o seu melhor e entregou, segundo o comentário dos fãs, dois dos melhores shows da turnê.

+Leia também: Fãs da Banda McFly fazem fila gigante para compra de ingressos no Couto Pereira

A turnê Nossa História foi até para o exterior, com shows em Nova York e em Portugal, lugares que não estavam previstos antes e que surpreenderam pelo público que viajou de outros países para vê-los. Além da conquista histórica de se apresentarem sempre com casa cheia e todo o saudosismo provocado pela turnê, Sandy & Junior também conseguiram mais um feito que eles jamais imaginaram: lotaram, com ingressos esgotados, quatro dias de Allianz Parque, onde fizeram dois shows em agosto e outros dois em outubro, num total, nestes quatro dias, de um público de 182 mil pessoas.

Ao todo, a turnê Nossa História teve um público aproximado de 600 mil pessoas, somando todas as cidades que receberam os shows. Foi uma verdadeira viagem pelo país, que acabou até quebrando fronteiras, com uma série de shows comemorativos. Fechar com chave de ouro tinha que ser com um show histórico e foi dessa forma que, ainda como dupla, mas sempre como irmãos, Sandy & Junior se apresentaram neste sábado. O número de público do Parque Olímpico é o mesmo que o registrado em um dia de Rock In Rio. Foi a última vez deles juntos num palco, ou talvez ou até logo, quem sabe. Mas para os fãs, Sandy e Junior vão ser sempre… Inseparáveis!

Foto: Cesinha/Divulgação.
Foto: Cesinha/Divulgação.

Atualizando, com tristeza, a agenda:

JULHO:
12/julho: Recife – Classic Hall
13/julho: Salvador – Arena Fonte Nova
19/julho: Fortaleza – Centro de Convenções
20/julho: Brasília – Nilson Nelson

 AGOSTO:
2/agosto: Rio de Janeiro – Jeunesse Arena
3/agosto: Rio de Janeiro – Jeunesse Arena
17/agosto: Belo Horizonte – Esplanada do Mineirão
24/agosto: São Paulo – Allianz Parque 
25/agosto: São Paulo – Allianz Parque

31/agosto: Curitiba – Pedreira Paulo Leminski

SETEMBRO:
13/setembro: Manaus – Estúdio 5
14/setembro: Belém – Hangar
21/setembro: Porto Alegre – Arena do Grêmio

OUTUBRO:
2/outubro: Nova Iorque – Barclays Center
6/outubro: Lisboa – Altice Arena
12/outubro: São Paulo – Allianz Parque
13/outubro: São Paulo – Allianz Parque

NOVEMBRO:
9/novembro: Rio de Janeiro – Parque Olímpico

Agora venha, DVD!

Conforme havíamos dito aqui na Tribuna do Paraná, já estava quase tudo certo para que um pedido dos fãs, um DVD, fosse anunciado. Depois de sua última participação em um programa de TV, no Faustão, no último domingo (3), a dupla anunciou. Essa era a informação mais esperada pelos fãs desde quando os irmãos começaram a série de shows. ”Tem toda essa turnê com muitos registros, inclusive tem um outro registro que a gente esqueceu de falar no palco. A gente vai ter um DVD, dos dois shows de São Paulo que foram filmados. A gente ainda não sabe a data ao certo”, disse Sandy ao Gshow, logo após a participação da dupla no programa.

+Leia também: McDonald’s atende a pedidos e traz de volta o CBO, mas por tempo limitado

O DVD deve ser feito com base nos dois últimos shows da dupla em São Paulo, no Allianz Parque, conforme até mesmo o público já imaginava, pois no local do show todos foram informados de que estes shows seriam filmados. Segundo a irmã de Junior Lima, embora ainda não tenha uma data certa, o lançamento deve ser entre o fim deste ano e o começo do ano que vem. “O que importa é que vocês vão ter como matar um pouquinho a saudade”, disse Sandy. “E a gente também. Bom pra todo mundo que gosta do nosso trabalho”, completou Junior.

Especial Globoplay

Depois que o show encerrou, outro anúncio surpresa: em 2020 os fãs vão continuar curtindo pouco mais de Sandy e Junior ainda em dupla: a Globo vai lançar uma série com sete episódios, exclusivos pelo Globoplay. Os vídeos vão desde 2018, quando os irmãos começaram a planejar a turnê comemorativa, até o último show, no Rio de Janeiro. Este lançamento é algo à parte do DVD já anunciado, então o que não vai faltar é conteúdo sobre os irmãos para aliviar a saudade, não?

Conheça a dupla JOLT, formada por irmãos brasileiros que se deram bem no ‘The Voice’ da Itália