O título de “hater sincero” que compartilhava vídeos controversos, como aquele em que mergulhava em uma banheira de Nutella, um clássico do mau gosto, ficou no passado. O empresário e produtor de conteúdo carioca Luccas Neto, 30, mudou o foco da carreira e, pelo sucesso que conquistou junto ao público infantil, vem sendo comparado a Xuxa Meneghel em seus áureos tempos.

É dele o maior canal de conteúdo para crianças do YouTube, com 37,7 milhões de inscritos. Neto também está à frente de uma loja virtual de produtos variados que exploram sua imagem – livros, roupas, bonecos-, e já lançou 16 filmes em plataformas de streaming (o mais recente deles, “A Gincana do Netoland”).

+ Leia mais: “Morte” da centenária Rádio Clube Paranaense B2 já tem data para acontecer

“Quando me comparam com a trajetória da Xuxa, claro que eu fico feliz”, diz. “Ela marcou várias gerações pela TV no Brasil e no mundo. Eu estou em outra vertente, através da criação de conteúdos digitais pelas multiplataformas. Acho esse um desafio interessante e amo poder juntar esse público com a internet.”

A virada de chave na carreira de Neto não aconteceu da noite para o dia. Ele percebeu com o tempo que o público que consumia seu trabalho era majoritariamente infantil. O produtor de conteúdo conta que decidiu ajustar todo o conteúdo do canal e contratou uma equipe multidisciplinar de psicopedagogos para auxiliar na adequação daquilo que produz. Saíram as piadas escatológicas e as gracinhas apelativas, entrou um conteúdo lúdico e educativo.

A preocupação com o que o público infantil consome só aumentou há dois anos quando ele se tornou pai de Luke, da relação com a atriz Jéssica Diehl, 24. Neto afirma que a paternidade trouxe um olhar mais intenso sobre seu trabalho e o inspirou a criar o canal Luccas Toon Kids no YouTube -com 163 mil inscritos- direcionado ao público da primeira infância e que serve como apoio aos pais.

+ Viva Curitiba: A-HA faz show inédito em Curitiba. Saiba tudo!

Neste ano, ele pretende realizar o sonho de estrear o primeiro filme no cinema, em parceria com a Warner Bros., e começar a dublar o conteúdo do seu canal para inglês, espanhol, hindi e o português de Portugal -este último após a polêmica matéria do jornal lusitano que apontou que crianças portuguesas estariam falando apenas “brasileiro” devido às produções de Neto, um fenômeno também entre os “miúdos” da terrinha. “Sobre essa questão, eu busquei absorver tudo com muito respeito e atenção e sempre estou muito atento ao diálogo”, afirma, diplomático.

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.