A sexta edição do projeto Ciclo de Música vai abordar sons nada convencionais. O professor multi-instrumentista Ângelo Esmanhotto vai ministrar a palestra intitulada ?Música da Idade Média? e mostrar características próprias desse ritmo que é ouvido basicamente nas salas de cinemas. O evento acontece hoje, às 19h, na Livrarias Curitiba Megastore do Shopping Estação, com entrada franca.

Para os estudiosos, falar sobre as canções da Idade Média é apresentar o trabalho de compositores durante mais ou menos cinco séculos, que vai desde as escalas sonoras utilizadas na Grécia antiga e passam pelo Canto Gregoriano.

Segundo Esmanhotto, o trabalho com esse tipo de ritmo é uma tarefa de arqueologia. ?Os antigos manuscritos que contêm partituras devem ser estudados por profissionais historiadores que conheçam também a escrita antiga. Do contrário, o estudioso não vai entender nada?, explica.

Por outro lado, existem os manuscritos teóricos que, de certa forma, orientam a prática musical. ?Depois da primeira etapa de conhecimento, entram em cena as informações sobre os construtores de instrumentos e a partir daí, busca-se entender a construção dos instrumentos?, completa o professor.