“Era para ser um encerramento, mas está parecendo uma inauguração”. A declaração foi do cantor Munhoz, da dupla com Mariano, em meio à última vez que a Wood’s Curitiba abriu as portas, na noite da última quarta-feira (6). Com diversas atrações nacionais, a casa encerrou suas atividades após 13 anos, mas quem esteve lá viveu, de fato, um clima de festa.

Nada de tristeza, choro ou comoção pelo capítulo final. Pelo contrário. A noite proporcionou boas recordações para aqueles que estiveram presentes do início ao fim. Antes mesmo de as duplas subirem ao palco, as músicas que estavam tocando remetiam ao ciclo da Wood’s. Não foram só os sucessos atuais nas caixas de som, mas também hits que bombaram em todos os anos de funcionamento da casa, provocando uma sensação de nostalgia, uma volta ao tempo.

Só que o principal da festa estava por vir. No palco, duplas e cantores locais e nacionais se revezavam, passando a levantar a galera, que não arredou o pé na última noite.

Entre as grandes atrações, o primeiro a aparecer foi o cantor Loubet. Depois foi Gabriel, que durante anos formou dupla com Hugo Pena. Na sequência foi a vez de Loube de Fiduma & Jeca. Mas foi quando Munhoz & Mariano surgiram cantando Balada Louca é que a balada explodiu.

Isto porque logo em seguida Henrique, da dupla com Diego, também subiu ao palco, trazendo com ele todos os outros que já haviam cantado anteriormente, além de Alex, da dupla com Pedro Paulo, e Bruninho, que canta com Davi, surgindo como ‘convidado surpresa’.

Por mais de duas horas todos eles permaneceram no palco cantando diversos sucessos, principalmente do passado. Poucas foram as músicas atuais deles que ecoaram na casa sertaneja. A ideia era reviver os 13 anos, inclusive com canções de outras duplas que não estavam presente, como por exemplo César Menotti & Fabiano e Fernando & Sorocaba.

Em um determinado momento, Henrique sugeriu que só fossem cantadas composições de 2010 para trás. O público não arredou o pé e soltou a voz até a última música, por volta das 5h30 da manha, quando, definitivamente, a Wood’s disse adeus.