Ordem e Progresso é terceira parte do trabalho de uma vida de Gilberto Freyre. A história ajuda entender os acontecimentos do presente. Nunca esse preceito foi tão atual. Os brasileiros, de uma maneira geral desprezam sua história e a formação social do povo brasileiro. Uma boa leitura nesta trilogia de Freyre, conhecida como Introdução à história da sociedade patriarcal do Brasil e é possível compreender melhor a situação nacional nos dias de hoje.

Neste compêndio há poucos dias, novas questões foram tratadas de maneira igualmente forte e original, sobretudo, temas relativos à vida política e às instituições do estado, às tensões entre a política oligárquica da Primeira República e as novas forças sociais urbanas e aos processos e conflitos econômicos e trabalhistas.

Freyre teve o privilégio de viver e conviver com pessoas que estavam presentes nas últimas décadas do século 19 e nas primeiras do 20. Este livro nos leva até os anos 50, abordando os problemas do desenvolvimento econômico-industrial brasileiro nas suas dimensões e implicações regionais. O capricho do escritor, os detalhes deste ensaio, a precisão e a fidelidade aos fatos são cativantes para qualquer classe de leitor, seja ele preparado para o assunto ou leigo em política e fundamentos sociais de um povo. Acompanhe o trecho sobre migrações:

“Que os países quentes tinham seu encanto, era fato incontestável. O homem sempre se sentira atraído pelas terras onde sabia florescer a laranjeira. As migrações humanas não se dirigiam nunca das terras quentes e temperadas para as terras frias; e sim das frias para as quentes ou temperadas. Mas nem tudo se apresentava sobre forma de vantagem para o homem nos países quentes. Talvez até fosse necessário à raça humana Ter de lutar contra os rigores do frio para conservar a energia; a energia moral tanto quanto a física.

Além das descrições de Freire, sua análise e crítica, o livro contém também um caderno especial iconográfico que ilustra brilhantemente toda a obra. São fotos, pôsteres, ilustrações da virada do século 19 para o 20. Imperdível. Talvez os editores pudessem resolver a melhor a publicação de 1144 páginas. Em dois volumes para evitar o excesso de peso. Afinal, a maioria dos leitores dos dias de hoje, já não está na idade de suportar tanto peso. Ordem e Progresso é da Global Editora, custa 110 reais e foi escrito principalmente para historiadores, sociólogos, antropólogos e interessados pelo tema.