O corpo do cantor Emílio Santiago será velado a partir do meio dia na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. O cantor será enterrado nesta quinta-feira, ao lado do túmulo da mãe, Ercília, no Cemitério Memorial do Carmo, na zona portuária.

O cantor morreu às 6h30, em decorrência de complicações de um acidente vascular cerebral isquêmico, em que não há hemorragia. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva desde o dia 7 de março, quando sentiu-se mal e foi encontrado na sua cobertura, no Flamengo, zona sul, por uma empregada. A cantora Alcione, grande amiga do cantor, foi uma das primeiras a chegar ao hospital, pela manhã.