A capital paranaense vai estar presente no longa-metragem Mulheres do Brasil, da EH! Filmes, empresa dirigida por Elisa Tolomelli, produtora executiva dos premiados Cidade de Deus, Lavoura Arcaica, Central do Brasil, entre outros. O filme busca um tom de originalidade na narrativa e foge da forma linear de se contar histórias numa mesma produção.

No caso, Mulheres do Brasil, que tem a direção de Malu de Martino, será como a montagem de um jogo de quebra-cabeças. As histórias das cinco personagens serão entremeadas de forma que o público possa perceber as semelhanças e diferenças das mulheres brasileiras, de norte a sul do País, de classes sociais e culturas diferentes, lidando com assuntos básicos e universais do cotidiano feminino.

“Eu estava com essa idéia na cabeça em 2002 quando encontrei com a Elisa (Tolomelli) em Miami. Cinco histórias sobre as mulheres no Brasil, contadas em documentário/ficção, mas no sentido inverso da clássica montagem, isto é, a história é uma ficção, mas os depoimentos são autênticos, como num documentário”, disse a diretora Malu de Martino, ontem em entrevista.

O filme tem como objetivo traçar um painel das diferenças e semelhanças existentes na vida de mulheres brasileiras, contextualizadas nas características específicas das regiões do Brasil. “Vamos promover debates e discussões junto a organizações e grupos de apoio à mulher, possibilitando o conhecimento, a informação e o intercâmbio de experiências entre mulheres de classes sociais e culturas diferentes, mas ao mesmo tempo com tantos pontos em comum em seu cotidiano. Vamos também poder conhecer como cada uma delas lida com seus sentimentos e seus desafios tão específicos quanto universais”, conta a produtora executiva, Elsa Tolomelli.

“A história se passa em cidades de 5 estados – Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Bahia e Alagoas. Em cada uma das cidades parte de nossa equipe técnica será do local, assim como a mão-de-obra terceirizada. Desta forma, além de contribuirmos para a formação profissional de equipe técnica local, traremos para o projeto pessoas que poderão nos ajudar a dar mais autenticidade às histórias”, acrescenta Elisa.

Realmente, Mulheres do Brasil é um longa-metragem que mistura ficção e documentário. De Maceió a Curitiba, passando por Bom Jesus da Lapa, na Bahia, e sem deixar de fora grandes metrópoles como o Rio de Janeiro e São Paulo, o filme constrói um painel com leituras possíveis da alma feminina brasileira, por meio de histórias, ora sensuais, divertidas e delicadas, ora debochadas e cruéis. São personagens, de diferentes culturas e classes sociais, experiências de vida singulares, vivendo momentos especiais em suas trajetórias. Mulheres comuns movidas pela eterna e inquietante busca de seus desejos e sonhos.

Em Curitiba, as mulheres da trama viverão aspectos opostos, uma sonhadora, a atriz Carla Daniel, e outra racional, Deborah Evelyn. Carla, que vai interpretar a garçonete Martileide, simpatizou logo de cara com a personagem. “Nunca tinha feito um papel parecido e resolvi aceitar logo o convite. A Martileide é super-romântica. Vejo uma certa pureza nesta busca pelo príncipe encantado”, explica a atriz.

Durante a semana a equipe de produção da EH! Filmes começa a chegar a Curitiba para início da terceira etapa dos trabalhos, que já esteve em Maceió e Bom Jesus da Lapa. Nos primeiros dias de outubro, será a vez dos atores. O filme conta também com o reforço da diretora de fotografia curitibana, Heloísa Passos.