Você já sabe em quem votar? E quando fala qual é o seu candidato à Presidência, você é bem aceito no seu círculo de amigos? Pois é, os tempos são difíceis e se posicionar politicamente pode ser um problema. Pensando nisso, e talvez pelo cansaço de não se poder brincar com mais nada, que Danilo Gentili resolveu desafiar todo mundo, não só um lado da disputa eleitoral: nesta quinta-feira (4), o humorista traz um espetáculo se stand up comedy inspirado na política brasileira, mas… de um jeito totalmente ao contrário!

“Quem for vai sair dando risada, porque vai se identificar de algum jeito. Mas já aviso: vou falar mal de todo mundo e zoar de tudo”, comentou Danilo em entrevista exclusiva à Tribuna do Paraná. Aliás, o humorista diz que não tem medo da reação do público. “Medo não tenho, mas o problema é quando falo da esquerda, o povo fica louco, fala que eu sou de tudo. Na real, a minha posição política é assistir ao horário eleitoral e xingar todo mundo, igual  meu pai fazia”.

A ideia do stand-up, intitulado como Politicamente Incorreto 2018, veio lá atrás, em 2009, quando foi proibido de fazer piada de político. “O que eu fiz? Fui até Brasília e fiz um show detonando tudo”, lembrou.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Danilo Gentili traz espetáculo Politicamente Incorreto 2018 em Curitiba.
Na apresentação, humorista promete não poupar nenhum candidato. Foto: Divulgação

Virou torcida organizada?

Agora, em tempos em que as redes sociais foram dominadas pelo ódio e a política mais parece torcida organizada de futebol, Danilo resolveu vir a Curitiba desafiar o público daqui. “É porque tem um amigo meu que está morando aí, então resolvi visitá-lo e fazer o show na cidade”, explicou o humorista, se referindo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na sede da Polícia Federal (PF).

No show, Danilo disse que não vai poupar nenhum candidato. “Vou falar da facada do Bolsonaro, vou falar da prisão do Lula, também falar dessa falsa briga entre os políticos, porque enquanto todo mundo acha que tem um lado, eles estão sempre é rindo da gente. Então só digo que vou zoar todo mundo”.

Além de poder assistir pessoalmente, quem não conseguir garantir o ingresso (são duas sessões, uma às 18h30 e outra às 21h) vai poder assistir também pela internet. “Mas quem estiver em Curitiba com a gente vai participar desse momento histórico”. A sessão das 21h, a que vai ser transmitida pela internet, já está com ingressos esgotados. Para a primeira apresentação, às 18h30, ainda tem lugar disponível e custa a partir de R$ 41 (meia-entrada). Os ingressos são vendidos pelo Disk-Ingressos.

Saiba tudo sobre o Prime Rock Brasil, festival que vai agitar Curitiba em dezembro