O apresentador da Band, José Luiz Datena, desmentiu a notícia de que vai deixar a apresentação do Brasil Urgente para ser candidato à presidência. Pelo menos não por enquanto. O comunicador se filiou recentemente ao PSL, que na semana passada anunciou fusão com o DEM para criar o União Brasil. Datena afirmou, em seu programa na Rádio Bandeirantes, que só sai do ar após a confirmação de que será candidato realmente e se for obrigado pela legislação eleitoral.

+ Leia mais: Bolsonaro retruca Xuxa: “Seria uma satisfação apontar fatos omitidos”

“Essa praga do fake news tem que acabar. Tem muita gente que não quer me ver aqui para eu não descer o cacete em todo mundo. Para dizer a verdade, eu não vou sair da Bandeirantes e tenho o convite para sair, se quiser. Não só a Bandeirantes, mas outras emissoras que gostam do meu trabalho. Falo o que tenho que falar, não guardo a língua na boca. Quero dizer que é mentira que vou sair da Bandeirante para concorrer a eleição”, disse.

E continuo. “Se eu tiver que deixar a TV para concorrer, só em último caso mesmo em cargo executivo. Eu deixaria a TV perto das eleições com qualquer trabalhador brasileiro em prazo regulamentar”. Pela lei, comunicadores precisam “sair do ar” 90 dias antes das eleições.

+ VEJA TAMBÉM: Galvão Bueno é acusado de chamar Neymar de idiota, e irmã do craque alfineta

Datena afirmou que se considera um pré-candidato à presidência, governo de São Paulo ou a senador pelo seu estado. O comunicador já “ameaçou” ser candidato em outras oportunidades e chegou a liderar pesquisas de intenção de voto.