A temporada inverno 2014 está sendo marcada por desfiles inusitados. Depois de Fause Haten armar apresentação no meio da avenida Paulista, durante o São Paulo Fashion Week,semana passada, a Reserva anunciou seu desfile num caminhão-vitrine no Fashion Rio. O veículo percorrerá 50 km, passando por pontos turísticos do Rio. A viagem começa amanhã e termina apenas no sábado, estacionando no Pier Mauá, sede do evento. A grife faz então uma festa aberta ao público. ‘Já que resolvemos fazer um desfile diferente e democrático, que poderá ser visto por toda a cidade, sugerimos ao Paulo Borges (CEO da Luminosidade, empresa que organiza o SPFW e o Fashion Rio) terminar a nossa maratona na porta do evento, comemorando a semana de moda carioca’, explica Rony Meisler, CEO do grupo Reserva.

Nos outros 14 desfiles programados para o evento a moda vem embalada pelos sucessos da TV. Atrizes e atores famosos estão na lista de convidados e de modelos. Thiago Fragoso, Danielle Winits e Marcello Antony (foto) – Niko, Amarilys e Eron da novela Amor à Vida, da Globo – desfilarão para a TNG na sexta.

Cota racial

A empresa organizadora do Fashion Rio se comprometeu a conversar com as grifes para incluir 10% de modelos negros e índios nos desfiles. O compromisso de promover a cota racial é voluntário, mas a Defensoria Pública anunciou que vigiará seu cumprimento. O acordo é similar ao que se aplicou em São Paulo entre 2009 e 2012, que não foi renovado pela Luminosidade, o que gerou protestos de associações de negros. Os estilistas que não aplicarem a cota racial ‘estarão submissos a medidas legais’, de acordo com um comunicado da Defensoria Pública carioca.

A empresa organizadora enviará ao órgão uma lista com o nome e a raça dos modelos que participarem de todos os desfiles até 30 dias úteis depois do evento. Em troca a ONG Educafro se comprometeu a não organizar protestos na entrada dos desfiles, frequentes em anos anteriores.