Steven de Souza, diretor do filme baseado na série de jogos Street Fighter que foi lançado na década de 1990, deu uma entrevista ao The Guardian relembrando como o vício em drogas do ator Jean-Claude Van Damme interferia nas filmagens do longa.

“Eu não podia falar sobre isso àquela época, mas agora eu posso: Jean-Claude estava fora de juízo pela cocaína. […] O estúdio tinha contratado uma pessoa para tomar conta dele, mas, infelizmente, ela própria foi uma má influência”, contou.

Em seguida, complementou: “Eu não podia simplesmente sentar por algumas horas esperando por ele.”

De acordo com ele, o ator belga chegou a descumprir horários e viajar durante as gravações: “Em duas ocasiões, os produtores permitiram que ele fosse a Hong Kong, e em ambas ele voltou atrasado. Às segundas-feiras, ele simplesmente nunca estava lá”.

Clássico do videogame, “Street Fighter” vai virar série de TV