O poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade será o homenageado da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) em 2012, quando o evento completa dez anos. O anúncio foi feito ontem no encerramento da 9.ª edição, que teve como homenageado o escritor Oswald de Andrade (1890-1954). As comemorações do décimo ano da festa também incluirão o lançamento de um livro com a história do evento, organizado pelo ex-curador Flávio Moura, e a reunião de imagens em vídeo. A Flip, segundo a organização, manteve o público entre 20 e 25 mil pessoas em Paraty – a pesquisa mais detalhada sai nos próximos dias.

A inglesa Liz Calder, idealizadora do evento, e Mauro Munhoz, diretor-geral da Casa Azul, ressaltaram as reformas percebidas na cidade, como a criação de um passeio ao lado do canal no centro histórico, onde ficaram todas as tendas. “O impacto na cidade ficou visível. Pudemos fazer algo que queríamos há muito tempo. Expandir e revitalizar um lado que tinha menos vida, preservando o lado histórico”, disse Munhoz. “Ganhamos mais espaço, mas mantivemos o caráter de intimidade do evento”, completou Liz.

Munhoz destacou o aumento de eventos paralelos da programação oficial (incluindo Casa da Cultura, Flipinha e Flipzona), que totalizaram 139 convidados – mas ficou clara também a expansão de atividades extraoficiais, como as programações preparadas pela Casa Sesc e a Casa do Instituto Moreira Salles. Outra característica perceptível para visitantes foi o crescimento do aspecto comercial envolvendo a Flip.

Entre as mesas, o curador Manuel da Costa Pinto disse ter se surpreendido principalmente com a convergência entre os convidados Carol Ann Duffy e Paulo Henriques Britto (a poeta inglesa, aliás, ainda não publicada no País, atraiu a atenção de ao menos três editoras), além de Kamile Samshie e Caryl Phyllips. Por outro lado, alfinetou a atuação do francês Claude Lanzmann, que criticou abertamente o mediador Márcio Seligman-Silva. “Uma atitude lamentável, equiparável ao nazismo.” Costa Pinto não foi confirmado como curador: o anúncio ocorre em setembro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.