Em Minha Terra, candidato ao Urso de Ouro de Berlim, estréia exclusivamente no HSBC Belas Artes, que reabre as portas nesta sexta-feira. Lançamento da Columbia Pictures, a produção é dirigida pelo inglês John Boorman (mais conhecido por ?A Floresta das Esmeraldas?, ?Esperança e Glória? e ?Muito Além de Rangun?).

Baseado no livro homônimo de Antjie Krog, ?Country of My Skull?, o longa-metragem retrata o encontro de uma jornalista branca sul-africana e de um repórter negro americano para relembrar um turbulento capítulo da história do continente africano. Uma das atrações na recente 29a edição da Mostra BR de Cinema, o drama recria as sessões da Comissão de Reconciliação e Verdade, estabelecida pelo governo sul-africano em 1996 para investigar os abusos dos direitos humanos cometidos durante o Apartheid, o regime de segregação racial que vigorou até 1990. ?Foi um filme difícil de rodar. Lidava diariamente com a raiva, o ressentimento e a dor por trás das histórias relatadas?, contou o diretor, em entrevista em Berlim.

O título é protagonizado por Samuel L. Jackson e Juliette Binoche. ?Eu conhecia a história de Nelson Mandela, mas foi assustador descobrir o que se escondia por trás do Apartheid. Quando tomamos contato com a história de um país, entendemos melhor o comportamento da população?, disse a francesa.