Curitiba será o palco do encontro entre duas gerações da música erudita. O renomado flautista francês Alain Daboncourt vai fazer um duo com o jovem curitibano Rômulo Aoto de Ramos, de 17 anos, que é considerado uma das maiores promessas do piano.

O evento, organizado pela Aliança Francesa e pelo Graciosa Country Club, será amanhã, às 11h, na Capela Santa Maria, e às 19h, na sede do Graciosa Country Club.

Ramos comenta o que o público pode esperar desse recital. “Embora a gente nunca tenha tocado junto, acredito que o público irá assistir a um espetáculo de primeira qualidade.

Será 1h30 de apresentação e o repertório contará com músicas de compositores consagrados, como Bach, Beethoveen, Liszt, entre outros. O interessante dessa apresentação é que, para que tudo saia certo, os dois músicos devem se tornar um. Iremos colocar emoção em cada nota tocada”, garante.

A trajetória do músico curitibano pode ser considerada meteórica. Ele conta que começou a tocar o instrumento com 11 anos de idade, considerado tarde, uma vez que normalmente a pessoa inicia no piano aos cinco anos.

“Até os dez anos, não me ligava muito em música. Eu queria era passar no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) para ser piloto. Quando me mudei para a casa dos meus avós maternos, havia um piano lá. Comecei a brincar e acabei tomando gosto pela coisa.

Meus pais apoiaram bastante e desde então descobri minha vocação. Mesmo com o atraso em aprender a tocar piano, consegui, com muito esforço, me destacar bastante”, conta.

Em tão pouco tempo como pianista, Ramos, que dedica seis horas por dia ao instrumento, começou a ganhar concursos e prêmios pelo País. A sua desenvoltura diante do piano acabou rendendo uma orientação pela pianista portuguesa Maria João Pires, uma das mais importantes dos últimos anos, e um convite para estudar no conceituado Conservatório de Lausanne, na Suíça.

“Até onde sei, pouquíssimos brasileiros freqüentaram esse espaço. Consegui a chance de fazer um teste por meio da Maria João, que enxergou em mim um grande potencial. Ela me indicou o pianista Ricardo Castro, que se prontificou em me orientar e me concedeu uma das poucas vagas que ele tem, que são entre três ou cinco.”

Entretanto, para poder estudar nesse conservatório, o curitibano vai precisar de um patrocínio. “O governo suíço exige que a pessoa apresente US$ 2 mil por mês como garantia. Minha família não tem esse montante e estamos procurando patrocinadores.

Preciso logo dessa ajuda porque as aulas no conservatório começam já em setembro. Contudo, estou bem otimista em levantar os recursos necessários para realizar esse sonho”, encerra. Para contato com o jovem músico, ligue para os telefones (41) 3014-5072, (41) 8458-0708, com Romualdo, e (41) 9131-7059, com Cynthia.

Serviço

Recital Piano e Flauta com Alain Daboncourt e Rômulo Aoto de Ramos.

1.ª apresentação.

Data: 17 de agosto, às 11h. Local: Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273, Centro, telefone 3321-2844). Entrada: R$ 10 e R$ 5 (meia) com um quilo de alimento.

2.ª apresentação.

Data: 17 de agosto, às 19h. Local: Graciosa Country Club (Av. Munhoz da Rocha, 1146, Cabral, telefone 3015-5005). Entrada: gratuita e aberta ao público.