De segunda a quarta-feira Curitiba recebe o 1.º Encontro Regional de Museus (Encorem), que vai discutir os desafios e as perspectivas da museologia. Nesses três dias, museólogos, estudantes e arquitetos estarão reunidos no Espaço Arte e Cultura Brasil Telecom, conversando sobre o presente e o futuro da atividade.

“O trabalho do museólogo vai além de pesquisar, catalogar, conservar e expor obras artísticas, históricas e arqueológicas”, comenta Clarete Maganhotto, presidente do Conselho Regional de Museologia (Corem) ? 5.ª Região. “E a intenção do encontro é criar uma política museológica e despertar a consciência dos participantes para que olhem com mais responsabilidade tanto para a conservação como para a ação.”

Atualmente há cerca de mil museólogos registrados no Brasil, mesmo número aproximado de museus brasileiros. A vice-presidente do Conselho Federal de Museologia (Cofem), Ana Sílvia Bloise, fala da importância da profissão: “Consideramos fundamental a questão da formação teórica e a observância de um código de ética profissional para aqueles que são responsáveis pela ?gestão técnica? do patrimônio cultural nos museus.”

Na segunda-feira, Ana Mae Barbosa, uma das mais influentes arte-educadoras do País, estará autografando o seu livro Inquietações e Mudanças no Ensino da Arte. A obra se originou da série de cinco programas sobre Educação Artística apresentados no programa Um Salto para o Futuro, da TV Escola, do Rio. Os textos foram escritos por alguns dos mais atuantes profissionais da área.

Programação

Na segunda-feira, às 18h30, haverá painel expositivo sobre Política Museológica; às 19h30 workshop Releitura de Obra de Arte, e as 20h30, noite de autógrafos do livro Inquietações e Mudanças no Ensino da Arte, de Ana Mae Barbosa.

Serviço

– O Espaço Arte e Cultura Brasil Telecom fica na Av. Manoel Ribas, 115, nas Mercês.