Na estreia de sua sétima e última temporada, Amor & Sexo causou. Nunca na história da Globo apareceu um nu frontal. Imagina então o susto dos artistas e telespectadores quando uma turma inteira tirou a roupa no palco. E isso foi logo na abertura do programa, anteontem, bem tarde da noite. O tema tinha tudo haver: a nudez. Mas o que se viu chocou e ganhou viés político do “júri artístico”, também pego de surpresa.

“Gente, estou pasmo. Preciso dizer que estou orgulhoso de participar deste programa. Que coisa ousada…e na Globo”, surpreendeu-se o ator e cantor curitibano Alexandre Nero. Ao lado dele a atriz Cris Vianna não conseguia fechar a boca. Detalhe: no site do programa a cena foi vetada com desenhos de estrelinhas amarelas tapando os órgãos sexuais dos dançarinos. O escritor Xico Sá, usou o humor para quebrar o susto: “Estou chocado nada, na minha terra é assim”.

Divulgação

E se o nu coletivo chocou, o que veio depois incendiou plateia e artistas. A discussão do nu e do que pode ou não ser exibido na TV ganhou a companhia de gente que já posou nua, como o campeão olímpico Robson Caetano e as atrizes Paula Burlamaqui, Isabela Ribeiro, Rita Guedes. Ninguém ali se arrependeu de fotografar como veio ao mundo, mas não faria de novo e muito menos tiraria a roupa no palco. Coisa que começou com um integrante da plateia, um profissional, que chegou até a abrir a calça por R$ 200, pagos pela apresentadora Fernanda Lima. Foi só uma preliminar do que aconteceria a seguir.

Sem cerimônia e nenhuma vergonha Otaviano Costa foi para o palco. Tirou toda roupa – até a tanga mínima que mais parecia calcinha – e deixou todos de boca aberta. Saiu escoltado por assistentes de palco com plumas e voltou de robe vermelho. O marido da atriz Flavia Alessandra ainda jogou a peça para a plateia.