O ex-BBB Gil do Vigor vai estrear na próxima quinta-feira (8), o quadro “Tá Lascado!”, no ‘Mais Você’. O economista vai usar seu conhecimento e a linguagem divertida e acessível para tirar dúvidas dos telespectadores sobre economia doméstica.

No ‘Tá Lascado’, Gil vai tirar as dúvidas do público a respeito de assuntos que afetam o bolso dos brasileiros, com conselhos e dicas vigorosas. Temas do atual cenário econômico do país também serão pauta na atração. O quadro vai ser exibido semanalmente no programa, com a participação do ex-BBB em parceria com Ana Maria Braga, mesmo depois de sua mudança para os Estados Unidos, onde dará início ao PhD. A partir daí, ele passará a participar do matinal direto da Califórnia. 

LEIA TAMBÉM:

>> Golpes por aplicativos de delivery disparam em cinco meses; veja como se proteger

>> Aneel reajusta bandeira vermelha em 52% válido até dezembro. Saiba quanto isso representa na conta

Ana Maria Braga comemora a chegada de Gil à atração. “O Mais Você é um programa de prestação de serviço, mas também de entretenimento. Um dos assuntos importantes no contexto do programa é “dinheiro no bolso”. E como o Gil é economista, poderá falar desses temas do jeito dele, leve e divertido, mas levando informação importante para as famílias. Vai ser um “regozijo” tê-lo no programa”, celebra a apresentadora, que garante ao público a oportunidade de ver um lado diferente do Gil que todo mundo conhece. “Mas, tenho certeza, ele não vai deixar de soltar a “cachorrada” quando for preciso diante de tanta gente “lascada” nesse nosso país”, acrescenta. 

Gil do Vigor também não esconde a alegria com a estreia no quadro, que promete muita informação útil para quem assiste ao ‘Mais Você’. “Vai ser uma parceria muito leve com a Ana Maria, num quadro super legal. Estou confiante de que ela vai me dar essa força. Eu amo demais essa mulher e estou muito feliz”, vibra. Gil ainda conta como pretende contribuir com seu conhecimento. “Eu acho que as pessoas querem ouvir e aprender. A maioria pensa que economia e finanças é algo impossível de entender, de ter na prática, mas não é. Como economista, eu vou dar algumas dicas básicas e de um jeitinho simples”, adianta.