Esqueletos são simpáticos. Este é o título da exposição do desenhista André Ducci, que está em cartaz no Centro de Criatividade de Curitiba, localizado nas dependências do parque São Lourenço. Trata-se de uma história em quadrinhos, com seis páginas, que tem como personagens três esqueletos.

“A história em quadrinhos foi escrita há cerca de seis meses e colocada no formato de quadros, para que pudesse ser exposta. É uma forma diferente de ler quadrinhos”, conta André, que desenha desde a infância e realizou seu primeiro trabalho profissional no ano de 1997.

Há cerca de dez anos, o desenhista realiza um projeto denominado “Anatomia”, com desenhos que unem corpo humano, design, cores e traços. Foi a partir deste trabalho que surgiu a ideia da realização de uma história em quadrinhos com esqueletos.

“O esqueleto é associado à morte e tido como sinal de perigo. Porém, também é uma figura pop, que gera simpatia. Nos meus desenhos, ele está sempre rindo. Procuro mostrar que o sorriso é a única expressão que uma caveira tem”, afirma o artista.

Serviço

Exposição Esqueletos são simpáticos, de André Ducci. Até dia 4 de abril, no Centro de Criatividade de Curitiba (Rua Mateus Leme, 4700 – Parque São Lourenço). Entrada franca.