Divulgada pela assessoria do ator, a informação de que Paulo Gustavo, 42, precisou ser intubado após apresentar piora no quadro clínico mobiliza famosos em uma grande torcida pela recuperação do artista, um dos mais bem-sucedidos do momento.

O ator, humorista e roteirista tem Covid e está internado para tratamento em um hospital particular do Rio de Janeiro.

Boninho, 59, diretor do Big Brother Brasil, contou nas redes sociais que assistiu “Minha Mãe é uma Peça 3” ao lado de Paulo Gustavo a convite do ator antes da pandemia.

“Foi um domingo divertido”, disse. “Ele é uma pessoa especial. Um coração enorme. Vamos mandar luz e energia para ele nesse momento”.

Caetano Veloso chamou o artista de maravilhoso. “Estamos aqui todos, eu, meus filhos e Paulinha, pedindo a Nossa Senhora, aos orixás, a todos os santos por sua recuperação. Nós o amamos muito”, afirmou.

A jornalista Astrid Fontenelle publicou uma foto com imagens religiosas e declarou estar em oração por Paulo Gustavo.

“O cara mais hilário, amoroso , focado nos seus tão queridos filhotes, filho tão dedicado a sua mãe, marido apaixonado. Avante Paulo!”, escreveu na legenda

“Vamos reforçar nossas rezas e orações”, pediu a cantora Preta Gil. “Já já ele estará aqui alegrando nossas vidas! Te amo meu irmão”.

Já o humorista Fabio Porchat publicou uma foto antiga em que aparece ao lado de Paulo Gustavo e da atriz Malu Valle e brincou que o amigo odiaria a postagem e ligaria pedindo para ele parar de divulgar imagens antigas.

“Por isso mesmo que eu tô postando. Pra ele recuperar logo, sair dessa e me dar um esporro o quanto antes!”, explicou.

O ator Luiz Fernando Guimarães prevê dias delicados, mas acredita que eles serão passageiros. “Emano vibrações positivas pra que tudo não passe de um susto e esteja logo nos braços da família linda que construiu”, escreveu.

Também ator e humorista, Marcelo Médici disse que reza pouco para “não gastar cartucho”, mas está em orações por Paulo Gustavo. “Esse cara é puro talento, tem uma trajetória incrível e tenho certeza que está só começando”, afirmou.

O ator e apresentador João Vicente de Castro lembrou que conheceu Paulo Gustavo no ano 2000 e ele já era o mais engraçado da turma e o mais carismático.

“Hoje é um momento difícil, mas eu sei que vai dar certo”, disse. “O Brasil está passando por um momento selvagem, um governo incompetente que está trazendo dor para tantas famílias”, completou.

O humorista Marcelo Adnet chamou Paulo Gustavo de patrimônio da alegria e genial. “O Brasil vive uma calamidade mais de um ano depois da chegada da Covid por aqui. Cuidem-se. Viva Paulo e viva o Brasil”, postou.