Dona Hemínia foi possivelmente o personagem mais famoso do comediante e humorista Paulo Gustavo, vítima da covid-19 na semana que passou. Neste domingo, o programa Fantástico, da TV Globo, faz uma homenagem ao niteroiense que representou um pouco de cada uma das mães brasileiras e traz depoimentos de amigos e familiares que sentiram a perda.

Criativo e irreverente, aos 42 anos, com saúde, no auge da carreira e cheio de projetos, Paulo Gustavo deixou uma legião de fãs e é mais um dos mais de 400 mil brasileiros que não conseguiram superar a doença. Os depoimentos vão trazer um pouco mais da intimidade do humorista.

Mais Fantástico

O Dia das Mães e o Dia Internacional da Enfermagem serão celebrados em um episódio inédito do quadro “Mulheres Fantásticas”. Em entrevista à apresentadora Poliana Abritta, Rosângela Soares, que é enfermeira há 19 anos e trabalha na linha de frente no combate ao coronavírus no Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, fala sobre as dificuldades que enfrenta, especialmente com a mãe e com o filho, para seguir trabalhando diante de uma doença tão contagiosa e letal.

Além de convencer a mãe de que precisaria continuar trabalhando como enfermeira durante a pandemia para ajudar a salvar vidas, apesar dos riscos, Rosângela precisou dormir no carro durante três meses para manter o distanciamento e tentar proteger o filho da doença. Isso porque apesar de tentar se manter longe do filho dentro de casa, ela descobriu que o menino de 8 anos aproveitava para dar abraços nela enquanto dormia. 

A maquiadora Juliette, campeã do Big Brother Brasil 21, conta à repórter Giuliana Girardi as mudanças que está vivendo desde que saiu milionária da casa mais vigiada do Brasil. A experiência e a vitória no programa, as paixões, a relação com a família e as mudanças que vieram junto com o prêmio estão na pauta. 

O ‘Fantástico’ vai ao ar na noite de domingo, logo após o ‘Domingão do Faustão’