A Culpa das Estrelas já era um livro best-seller antes da estreia do filme, no dia 6 de junho, mas a versão cinematográfica, vista, segundo o Filme B, por 5,4 milhões de pessoas no País, impulsionou ainda mais as vendas da obra de John Green, que retrata o amor entre dois jovens – ela tem uma doença grave.

Segundo a Nielsen, que acompanha o desempenho de vendas do livro aqui, foram comercializados, entre a semana anterior à estreia e o dia 30 de junho, 110 mil exemplares. A melhor semana foi a do lançamento (25 mil unidades). Para a empresa, a obra está entre as cinco mais vendidas no primeiro semestre de 2014. A Nielsen acredita que a mudança da capa – que traz agora o pôster do filme – ajudou a aumentar as vendas em 33%.

De acordo com o Publishnews, site especializado em mercado editorial, no entanto, A Culpa das Estrelas já é o livro mais vendido este ano. Outras duas obras do autor disputam posições nas listas de mais vendidos: Quem é Você, Alasca (WMF Martins Fontes) e Cidades de Papel (Intrínseca). Desde o lançamento, em julho do ano passado, foram vendidos mais de um milhão de exemplares segundo a Intrínseca, editora da obra. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook