A escritora Marilene Felinto é o 10º nome confirmado para a Festa Literária Internacional de Paraty. A Flip 2019 será realizada de 10 a 14 de julho e presta homenagem a Euclides da Cunha.

Seu romance de estreia, As mulheres de Tijucopapo (Record), de 1982, foi premiado com o Jabuti na categoria Revelação de Autor e pela União Brasileira de Escritores. Mariele Felinto publicou ainda os romances O Lago Encantado de Gorgonzo (Imago) e Obsceno Abandono: Amor e Perda (Record). Ela também já escreveu crônicas, ensaios e contos para adultos e crianças.

Em 2019, ela planeja lançar Fama e Infâmia: Uma Crítica ao Jornalismo Brasileiro, Sinfonia de Contos de Infância: Para Crianças e Adultos e Contos Reunidos: Autobiografia de uma Escrita de Ficção – Ou Por Que as Crianças Brincam e os Escritores Escrevem, todos em edições da própria autora.

“Considero Marilene Felinto uma grande escritora cuja obra ficcional e jornalística deve ser revisitada e também conhecida por aqueles que não acompanharam sua trajetória até aqui. Em seus textos, Felinto toca em questões de gênero, raça e condição social no Brasil de forma original sem perder atualidade. São histórias ao mesmo tempo líricas e violentas, tristes e cheias de ironia”, afirma Fernanda Diamant, curadora da Flip.

Escritores confirmados da Flip 2019

A 17ª edição da Flip vai receber escritores como Walnice Nogueira Galvão, Kristen Roupenian, Kalaf Epalanga, Sheila Heti, Grada Kilomba, Carmen Maria Machado, Karina Sainz Borgo, Ismail Xavier e Ayelet Gundar-Goshen.

Em breve devem ser anunciados a programação completa da Flip 2019 e o início da venda dos ingressos.