O  Sudoeste  do  Paraná ganha uma ótima oportunidade de conhecer um pouco   mais  sobre  a  história  do  Estado. Está chegando a Francisco Beltrão a   exposição itinerante “Paraná: Caminhos da História e da Arte”, organizada   pela  Secretaria  de Estado da Cultura, em parceria com a Junta Comercial   do Paraná. A abertura da mostra será dia 23 de fevereiro, às 19 horas, no   Museu da Colonização, onde permanece até 24 de março. A mostra é gratuita e aberta ao público.

Este  projeto  tem  rodado  o  Paraná  desde agosto de 2005, devendo, até outubro de 2006, percorrer dez cidades de regiões diferentes do Estado. A exposição  em  Francisco  Beltrão  terá  um  diferencial  em  relação  às anteriores,  devido  ao local em que foi montada: O Museu da Colonização. Este  espaço  é  um  patrimônio  arquitetônico e cultural, que mantém uma exposição  permanente  de  utensílios  domésticos  e objetos variados dos pioneiros  colonizadores,  da  época  entre  1940  e 1960. A casa que foi preservada  é obra do mestre – marceneiro ucraniano João Puchevicz.

Além de suas  características clássicas, é possível admirar uma curiosidade, pois uma  escada  foi recortada ao estilo “Dumont”, ou seja, degraus com um pé sim e o outro não.

“Paraná:  Caminhos  da  história  e da Arte” apresenta um perfil de cinco diferentes períodos da história do Estado: Paraná Pré-história, com peças arqueológicas e arte  rupestre;  Paraná  Indígena,  com  objetos  dos principais  grupos  guarani,  kaingang  e  xetá;  Paraná  Comarca, com trabalho de artistas estrangeiros que documentaram a vida dos paranaenses nas  épocas  do ciclo do mate, tropeirismo e emancipação política; Paraná Província  e  República,  apresentando  fotografias  e objetos da segunda  metade  do  século  XIX  e  começo  do  século  XX  e,  por  fim,  Paraná Desenvolvimento,  mostrando  o  progresso  dos  meios  de  comunicação, a  produção  cafeeira e a liberação feminina. Prevalecendo o cunho didático, busca-se a interação da comunidade local no projeto.

Em Francisco Beltrão, o projeto “Paraná: Caminhos da História e da Arte” será instalado no Museu da Colonização, localizado no Parque Jaime Canet Junior,  à  Avenida  União  da  Vitória,  s/nº.  As  visitas acontecem se segunda-feira  a  sábado,  das  13h30  às 17h30. No período de 11 a 19 de março,  ocorre  a  ExpoBel  e  por  isso  os  horários de visitação serão alterados  para  13h30  às  22h00,  de  segunda a sexta-feira. Visitas em
outros  horários  devem  ser  agendadas  pelo  telefone (46) 3524-4740 ou 3524-4441.

Informações   no   Museu  Paranaense,  telefone  (41)  3304-3300,  e-mail  museupr@pr.gov.br,  no  Museu  Alfredo Andersen, telefone (41) 3222-8262, e-mail maa@pr.gov.br,  no  Museu  de Arte Contemporânea, (41) 3323-5337, e-mail mac@pr.gov.br, ou ainda no site www.pr.gov.br/seec.