No encerramento das comemorações da Semana Mundial de Amamentação, a Secretaria de Estado da Saúde promoveu a vinda de um grupo de cantores do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa. O grupo se apresentou na sede da secretaria nesta quarta-feira (31) para os funcionários cantando paródias de músicas famosas, com o tema voltado para a amamentação.

O grupo divulga a importância do aleitamento materno no próprio hospital, fazendo apresentações para as mães, além de dar dicas sobre amamentação. ?O coral é muito importante para divulgar a importância do aleitamento materno no hospital?, disse a coordenadora do Aleitamento Materno da Secretaria, Palmira do Rosário.

As campanhas estão voltadas para a conscientização da população sobre as vantagens de dar de mamar ao recém-nascido. Este ano o tema esteve voltado para a alimentação após os seis meses de vida. A partir dessa idade, a mãe já pode dar de comer ao seu filho alimentos que os adultos consomem. ?Os pais podem dar de comer ao seu filho, mas o alimento tem que ser em forma de papa, para que a criança vá se acostumando aos poucos?, alerta Palmira.

O índice de mortalidade infantil no Paraná vem decrescendo gradativamente. No ano de 2002 morreram 2.754 menores de um ano. Já no ano de 2003 foram registradas 2.586 crianças mortas. Os trabalhos que a Secretaria vem desenvolvendo tem ajudado a combater a desnutrição infantil e a morte prematura das crianças. ?Ao aumentar o índice de aleitamento materno, diminuímos o índice de mortalidade infantil?, conta Palmira.

A conscientização das mães é um trabalho fundamental para a qualidade de vida da criança. Com a amamentação, a criança fica protegida contra várias doenças, além de ser o melhor alimento para o bebê. ?Com a sensibilização das mães, aumenta a capacidade de salvar mais vidas?, concluiu.