O artista plástico paranaense Attila Wensersky inaugurou ontem na Renato Frota Galeria de Arte a exposição Híbridos e Outros Bichos, em que apresenta 29 telas da série homônima. Attila vai buscar na mitologia a inspiração para as suas obras, nas quais transforma e desfigura esses elementos.

Utilizando técnicas abstracionistas e realçando o que o artista plástico e crítico de arte Fernando Velloso chama de “valores pictóricos puros”, Attila cria telas densas, com formas voluptuosas, capazes de transformar Eva ou a Vênus de Milo em uma donzela rechonchuda, a la Botero.

O artista, aliás, parece ter fixação por coxas – quase todas as telas desta série retratam personagens com imensas coxas roliças, contrastando com ombros e cabeças diminutas. A cor púrpura e suas variantes – magenta, roxo, violeta – também aparecem com freqüência no trabalho de Attila Wensersky, que exala sarcasmo e rebeldia.

***

Até 31 de outubro na Renato Frota Galeria de Arte (Rua Fernando Simas, 27).