A encenação do espetáculo Vida, paixão e morte de Jesus Cristo deste ano chega com novidades ao público. O Grupo Lanteri, responsável pela apresentação, promete mais dinâmica e mais emoção no espetáculo que acontece hoje à noite, na Pedreira Paulo Leminski.

Desta vez, a história será contada pela visão de Maria Madalena, interpretada pela atriz Sirlei Adelaide de Andrade, junto com Cesar Kusma, no papel de Jesus Cristo.

“O público vai se surpreender ao ver Maria Madalena contando a história da Paixão de Cristo. Vamos ter a Paixão a partir da ótica feminina”, diz Aparecido Massi, um dos diretores do espetáculo.

A peça tem início a partir da Ressurreição, quando Maria Madalena vê que o corpo de Jesus não está no sepulcro. “Ao invés de correr e contar aos apóstolos, a personagem vai correndo contar ao público”, relata Massi, para quem a mudança é considerada audaciosa.

Uma das cenas, por exemplo, será congelada e os atores ficarão estáticos enquanto Maria Madalena entra e faz a narração aos espectadores. “Quisemos, com a imagem de Maria Madalena, trazer a imagem da mulher como figura que vê com o olhar interior, do coração. Quisemos também derrubar a visão machista, de uma época na qual uma mulher sozinha, ex-prostituta, acompanhando muitos homens não poderia ter qualidades, ter fé e lutar igualmente”, explica o diretor. Na produção, são 800 atores e mais 200 pessoas trabalhando nos bastidores para que tudo saia conforme o planejado durante o espetáculo.

Entre as cenas retratadas estão o batismo, o sermão da montanha, a cura do cego, a ressurreição de Lázaro, o apedrejamento da mulher adúltera, a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, a Santa Ceia, a crucificação e a ressurreição de Cristo.

A Paixão de Cristo ganha também uma nova cena este ano, adianta o diretor de produção do espetáculo, Edson Martins, com a ressurreição do filho da viúva da cidade de Naim.

Ônibus

Em uma parceria com a Fundação Cultural de Curitiba (FCC), para facilitar a ida do público até a Pedreira, a prefeitura de Curitiba vai disponibilizar ônibus específicos para o evento, que sairão da praça Tiradentes, com retorno logo após o fim do espetáculo, que já se tornou tradicional na cidade.

Serviço

Vida, paixão e morte de Jesus Cristo. Hoje, às 19h. Pedreira Paulo Leminski (Rua João Gava, s/n Pilarzinho). Tempo estimado de duração: 2 horas. Entrada gratuita, com a doação de um quilo de alimento não perecível. Além da encenação na Pedreira, espetáculos sobre a Paixão de Cristo vão acontecer hoje na Barreirinha, no Bairro Novo e no Alto Boqueirão, todos selecionados por meio de edital da FCC. No Alto Boqueirão, às 19h, em palco montado na Praça Cabo Nácar, a atração é o Grupo Jubac. A Equipe Teatral Arte e Vida apresenta-se às 20h, na Rua da Cidadania Bairro Novo (Rua Tijucas do Sul, 1.700) e a Associação Cultural Êxodus realiza espetáculo na Praça Acir Macedo Guimarães, na Barreirinha, às 20h. Todas têm entrada franca.