O humorista curitibano Fagner Zadra, que sofreu um grave acidente na abertura do Festival de Teatro de Curitiba, quando uma peça de isopor de 30 quilos caiu em sua cabeça e lesou sua medula, voltou aos palcos ontem, durante uma apresentação do também comediante curitibano Diogo Portugal. Foi a primeira vez que ele se apresentou desde o incidente, que o deixou paraplégico.

Portugal contou, em entrevista para a rádio Bandnews Curitiba nesta segunda-feira (25), que ficou feliz que Zadra aceitou o seu convite e que a presença do humorista emocionou a todos. “Eu pedi para a produção me trazer um violão e nisso entrou o Zadra, sem ajuda de ninguém, empurrando sua carreira e com o violão no pescoço”, conta. Portugal disse ainda que Zadra brincou com a situação. “Ele fez um set e ainda brincou com o que está passando. Ele mostrou que o humor não pode ser levado a sério. Foi bonito ver o carinho e a surpresa da plateia, uma vez que ninguém sabia de sua participação”, afirma.

Em entrevista também para a rádio Bandnews Curitiba hoje, Zadra revelou que também foi pego de surpresa pelo convite. “Meu programa para esse domingo era de ficar em casa, vendo um filme. Acabou que fui particpar do show do Diogo, a quem respeito e admiro muito. Confesso que pensei em não ir, por ser algo ainda difícil para mim, mas gostei de ter ido. A ficha ainda não caiu”, revela.

O comediante acredita que esse retorno antes do previsto vai ajuda-lo a se recuperar da lesão na medula. “Cada minuto que fico longe do palco eu sinto que estou ‘morrendo’. Ganhei ‘vida’ ontem. Estou muito emocionado. O Diogo ajudou a me colocar para cima e isso vai me dar mais forças para auxiliar na minha recuperação”, avalia.

Zadra disse que ainda não tem uma data para retornar aos palcos, mas acha que até dezembro ele deve voltar. “Ainda estou vendo com os colegas do grupo (Tesão Piá). Minha ideia inicial era de outubro, mas provavelmente volte em dezembro. Embora a recuperação esteja sendo rápida, a lesão foi séria e ainda vai levar algum tempo para melhorar”, conclui.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook