Morreu na madrugada desta quarta-feira, 8, aos 87 anos, Nelson Ivan Petzold, um dos maiores nomes do design industrial do Brasil. A informação foi confirmada pela filha do designer, Marcia Petzold, em sua conta no Facebook.

Petzold ficou conhecido (se não ficou mais, deveria ter ficado) por causa dos talheres Príncipe Garfo, Cão Faquinha e a Princesa Colher, que fizeram parte do imaginário infantil de muitas gerações. Cerca de 2,5 milhões de peças já foram comercializadas desde a sua criação, em 1970, e é bem provável que alguém da sua família ainda tenha um guardado na gaveta.

Docente aposentado do Departamento de Expressão Gráfica da Faculdade de Arquitetura da UFRGS, Petzold foi responsável pela criação de dezenas de objetos que fazem parte do cotidiano dos brasileiros. Ele criou talheres, garrafas térmicas, tesouras e fogões em parceria com o também designer José Carlos Bornancini. O trabalho da dupla rendeu outras criações que marcaram época.