Depois de nove meses se apresentando semanalmente às quintas-feiras no Realejo Culinária Acústica, o Jazz Cigano Quinteto se despede do bar esta semana. A última apresentação desta temporada de shows no Realejo acontece nesta quinta-feira, 21 de outubro, partir das 21 horas.

A despedida se deve à viagem de um dos integrantes do grupo, o violonista Eduardo Mercuri, à Europa para passar três semanas em Portugal aprimorando seus estudos de música. Depois dessa temporada na Europa, o músico volta ao Brasil para a divulgação do primeiro CD do grupo, que já está gravado, aguardando seu lançamento.

 

Além de Mercuri, integram o grupo o violonista Vinicius Araújo, o violinista John Théo, o contrabaixista Fred Pedrosa e o percussionista Mateus Azevedo. Em suas apresentações, o quinteto, que se conheceu na Faculdades de Artes do Paraná (FAP), onde alguns deles estudavam, toca essencialmente músicas do belga Jean-Baptiste Reinhardt, que misturam o jazz tradicional a melodias ciganas.

Mas também há espaço para outras músicas, adaptadas para a sonoridade cigana, como choros da década de 1940, composições de Villa-Lobos e Piazzola, além de músicas próprias. Com esse repertório, o grupo conquistou um público fiel, que deve estar presente na despedida do Realejo.

Serviço:

Despedida Jazz Cigano Quinteto no Realejo Culinária Acústica
Rua Coronel Dulcídio, 1860, esquina com Petit Carneiro
Data: quinta-feira, 21 de outubro
Horário: a partir das 21h
Entrada: R$ 7