Foto: Divulgação

A peça Caninos Brancos será apresentada neste feriado.

Para o elenco mirim que conta com jovens moradores da Vila das Torres entre 9 e 15 anos, o teatro trouxe não só o contato com a arte, mas também a auto-estima. O espetáculo Caninos brancos é a continuação do projeto Minha vila filmo eu, uma parceria do Projeto Olho Vivo com o Ministério da Cultura, que oferece à crianças, adolescentes e jovens carentes oficinas de interpretação e realização de vídeo. O espetáculo estréia na próxima quinta-feira, no Teatro Cleon Jacques, no Parque São Lourenço.

A coordenadora do Grupo de Defesa da Criança e do Adolescente, Luci Pfeiffer, comenta que medidas como a do projeto Olho Vivo funcionam como ferramenta na integração desses jovens com a sociedade. ?O convívio com a violência urbana, doméstica e outras faz com que crianças de comunidades carentes percam a noção de pertencimento. Quando essa criança recebe um papel, uma responsabilidade onde ela vai ter um reconhecimento, ela desloca esta bagagem de sofrimento e percebe que é alguém de valor. A partir daí se sente capaz de enfrentar seus problema e realizar um processo de cidadania?, explica.

A peça

Caninos brancos trata de maneira lúdica uma realidade muito semelhante à da comunidade em que os atores moram. O personagem principal, um lobo selvagem chamado Caninos Brancos, tem sua vida marcada pela fome e a luta pela sobrevivência. Ainda pequeno e inocente, o animal vê sua mãe forte e invencível ser levada por homens mais fortes e poderosos do que ela. O filhote se arrisca para ganhar o mundo e se defronta com a crueldade humana. O personagem tem de aprender a difícil tarefa de sobreviver na ?cidade dos homens? onde a lei é simples como a cadeia alimentar: comer ou ser comido.

Marcelo Munhoz, diretor da peça, apresenta o texto de Caninos brancos como um raio-X da sociedade. Ele destaca a emoção em trabalhar com as crianças. ?As crianças, pra mim, trazem muito do personagem Caninos Brancos, uma infância marcada pela ingenuidade, mas principalmente pela violência com que elas são obrigadas a conviver desde muito cedo. Esta combinação traz para o palco um elemento humano que agrega um valor estético, artístico e de convivência único?, diz.

Serviço

Espetáculo Caninos brancos – baseado na obra de Jack London. Teatro Cleon Jacques (Parque São Lourenço). De 15 a 25 de novembro, às 20h. Ingresso: 1 lata de leite em pó.