A escultora Maria Lúcia Pivetti se apropria dos contornos da Cidade Maravilhosa para produzir as 18 peças em ferro, aço inox, alumínio e outros materiais que integram a exposição As Linhas do Rio de Janeiro em Curitiba, que abre hoje na Galeria da Caixa.

Ao longo dos seus 15 anos de carreira, a artista vem trabalhando e apurando a vertente da criação de esculturas que revelam sinuosidade e formas vazadas, marcas registradas da sua obra. Nesse período, Maria Lúcia foi deixando de utilizar materiais maciços, como bronze e cimento, e abrindo espaço a materiais mais leves e às formas vazadas. “Mantive os contornos e a utilização de materiais flexíveis que permitem também a criação de desenhos gráficos”, resume Maria Lúcia. Mais que uma interação entre as duas cidades e a arte, a exposição compartilha a arquitetura, o design e a abrangência do horizonte formal de cada uma delas.

***

Até 8 de novembro, com visitação de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. A Galeria da Caixa fica na Rua Conselheiro Laurindo, 280.