Em apenas pouco mais de um mês, o livro Morri Para Viver – Meu Submundo de Fama, Drogas e Prostituição, que conta a vida de Andressa Urach, já atingiu a marca de 400 mil cópias vendidas.

Mas o dado mais impressionante vem agora: segundo informações do jornal Folha de São Paulo, metade dos exemplares foi comprada em pontos de vendas de livros evangélicos. Pelo visto, a modelo virou exemplo de superação mesmo.

Mesmo assim, ainda falta bastante para que a primeira edição, com tiragem de um milhões de cópias, seja esgotada.

Paraná Online no Facebook