A vida do dr. Bezerra de Menezes, uma das mais destacadas personalidades médicas do Brasil, começa a virar filme. Foram iniciadas na última semana de maio as filmagens do longa-metragem Bezerra de Menezes – O médico dos pobres, dirigido por Glauber Filho e Joel Pimentel, e estrelando Carlos Vereza no papel título.

A vida do médico cearense será contada através de passagens ficcionais e relatos de pesquisadores de sua obra. A história começa no ano de 1831 e transita entre o Ceará e o Rio de Janeiro.

Para realizar uma fiel reconstituição da época, a produção do filme contou com cuidadosa pesquisa histórica de Luciano Klein, biógrafo do próprio Bezerra de Menezes, e também roteirista do filme ao lado de Glauber Filho.

As locações serão no Ceará, Pernambuco e Rio de Janeiro, e o filme tem previsão de lançamento nos cinemas para o próximo mês de agosto. A produção é da Trio Filmes e da Estação da Luz.

Quem foi Bezerra de Menezes

A vida do personagem começa em 1831, na localidade de Riacho do Sangue, no Ceará. O universo sertanejo permeia a trama nessa primeira fase do filme, na qual Bezerra de Menezes vive a infância e a adolescência. Aos dezoito anos, o protagonista inicia no Rio de Janeiro seus estudos de Medicina. Na Capital da República, elegeu-se vereador e deputado em várias legislaturas e defendeu as idéias abolicionistas. Mas o que lhe trouxe o maior reconhecimento de seu povo foi o trabalho anônimo realizado em prol dos desfavorecidos. Por conta disso, ele ficou conhecido como médico dos pobres.

Seja como político devotado às causas humanitárias ou como médico conhecido por jamais negar socorro a quem batesse à sua porta, Bezerra de Menezes tornou-se um exemplo de homem e escreveu uma história de vida marcada pelo amor e pela caridade.