Foto: Fábio Alexandre
O diretor paranaense
Frederico Füllgraf.

Seis meses de produção. Viagens por todo Paraná, Alemanha e África. Grande trabalho de pesquisa. Resgate de um importante acervo histórico. Estes são alguns pontos que merecem ser destacados no documentário Maack profeta pé na estrada, do diretor paranaense Frederico Füllgraf, que estréia hoje na TV Cultura.

O documentário retrata a vida de Reinhard Maack, geólogo alemão que viveu no Paraná e trouxe contribuições científicas sobre a geologia e geografia do Estado. Maack fez também importantes alertas, todos comprovados hoje como mostra o filme, sobre a destruição da fauna e flora paranaense.

O filme em sua versão original, que também tem o roteiro de Füllgraf, traz a história deste importante cientista em meio a cenas histórias e belas paisagens da Namíbia, país africano onde Maack viveu no início do século. O diretor também foi até a cidade natal de Maack, Herford na Alemanha, onde gravou depoimentos e documentos no museu municipal da cidade. Lá o diretor teve acesso a um acervo histórico pessoal do geólogo, que inclui imagens em 16 mm que Maack gravou na época e onde profetiza a destruição da flora e fauna paranaense. Entre as descobertas importantes realizadas por Maack está a comprovação Gondwana, que afirma que a África já foi ligada à América do Sul.

Füllgraf contou que a pesquisa e o roteiro com a biografia do geólogo estão prontos há alguns anos e agora teve a oportunidade de produzi-lo porque ganhou, pelo Paraná, o prêmio do Programa de Fomento à Produção e Teledifusão do Documentário Brasileiro DOCTV, do Ministério da Cultura. Apesar de ter as imagens históricas feitas por Maack cedidas pela Prefeitura de Herford, o documentário do Füllgraf corre o risco de ir ao ar sem elas. Uma empresa que realizou uma exposição sobre o geólogo em Curitiba também obteve as imagens com a filha de Maack e alega ser dona dos direitos autorais. O diretor espera a decisão de uma liminar que impetrou na Justiça para garantir a exibição completa.