A Cia. Máscaras de Teatro leva ao palco do Teatro Fernanda Montenegro, sua mais nova produção para o público infantil, nada mais nada menos que ?O Mágico de Oz?, um dos maiores clássicos de todos os tempos.

Com o formato de musical e com grande produção e elenco, O Mágico de Oz, segue os moldes de outras ousadas produções da Cia. como por exemplo A Bela e a Fera, que recentemente encerrou uma temporada de muito sucesso, tendo permanecido em cartaz por mais de 6 meses no palco do mesmo teatro.

A história da criação de O Mágico de Oz, surge no final do século XIX, quando escritores e produtores de livros infantis da Europa, lideram um movimento propondo histórias menos violentas e sanguinárias; defendiam que duendes, gênios e fadas já não despertavam tanto interesse nas crianças.
 
Lyman Baum, escritor norte-americano, também pensava assim. Para ele, o conto de fadas moderno devia conservar apenas a novidade e o bom humor, descartando tristezas e pesadelos. Se as crianças precisavam de morais severas, que as aprendessem em casa ou na escola. Histórias eram para divertir. Nascia assim: O Maravilho Mágico de Oz, considerado o primeiro grande romance da literatura de fantasia norte-americana. Transformado em filme em  1939 e estrelado por Judy Garland, foi o filme mais visto de todos os tempos no cinema e na televisão, com mais de um bilhão de espectadores.

Seguindo o clima proposto pelo autor deste clássico da literatura e do sucesso que tanto o filme quanto o livro criam ainda hoje nas crianças, é que a Cia Máscaras de Teatro resolveu fazer uma nova leitura da obra para o palco.

?Existe mesmo uma força muito especial na obra de Lyman com Dorothy e seus companheiros viajando pela surpreendente estrada de tijolos amarelos. É algo que será eternamente lembrado na cultura mundial. Posso dizer que é a realização de um grande sonho dirigir este espetáculo com um elenco tão talentoso como este?, afirma João Luiz Fiani que no final da década de 90 viveu o personagem do Leão Medroso em uma montagem da diretora curitibana Sandra Pires.

Tanto o livro quanto o filme empolgam crianças de todas as idades. As fabulosas aventuras de  Dorothy, a menina do Kansas, que é  levada por um ciclone para uma terra mágica, onde encontra personagens incríveis como o Espantalho, o Homem de Lata, o Leão Covarde e o Mágico de Oz é fascinante.

A produção traz no elenco jovens talentos, entre eles: Camila Barreto  como Doroty, Joel Vieira, como Leão Medroso, Anderson Ribas o espantalho e Cléverson Viecinski como o Homem de Lata.  O veterano Rogério Bozza completa o elenco em uma brilhante interpretação como o  personagem título. Além do elenco de frente, o espetáculo conta, ainda, com um super elenco de apoio composto por mais de 20 atores que dão ao espetáculo o brilho e agilidade que uma adaptação teatral precisa ter.

A direção musical é de Marcyo Luz, as coreografias são de  Deborah Kramer e os figurinos de Thamis Barreto enquanto que a cenografia é de Leopoldo Baldessar e a sonoplastia fica a cargo de Jader Alves.

O Mágico de Oz conta a história de uma garotinha chamada Dorothy e do seu cachorro Totó, que são obrigados a sair da fazenda onde moravam, nos Estados Unidos, por causa de um ciclone. Os dois acabam em uma terra encantada, o Mundo de Oz, onde precisam percorrer uma longa jornada até chegar à única pessoa (um mágico) capaz de os transportar novamente para casa. Dorothy viverá uma aventura inesquecível através do caminho de tijolos amarelos, junto com um espantalho sem cérebro, um lenhador de latas sem coração e um leão covarde. 
 
Serviço:

O Mágico de Oz – Texto e direção de João Luiz Fiani. 

Após um ciclone no Kansas, Dorothy vai parar com sua casa e seu cachorro na fantástica Oz, onde as coisas são coloridas, bonitas e mágicas.  Com: Camila Barreto, Rogério Bozza, Anderson Ribas, Joel Vieira, Cléverson Viecinski, Maicon Santini, Patrícia Millarch, Regina Razzolini, Carol Mascarenhas, Eidy Lucy, Jair Alves, Julio Lacerda, Karin Broliani, Malu Kramer, Raquel Almeida,  Juliana Weigert, Léo Dalledone, Agata Erhart, Bianca Popovitz, Eric Alessandro, Jeniffer Moraes, Marcela Pedroso, Maria  Simonard e Thaiza Guerra

Teatro Fernanda Montenegro – Domingos – 16 horas. Até 29 de ouytubro. Ingressos: R$ 12,00, R$ 10,00 (bônus) e R$ 6,00 (estudante).